domingo, 07 de agosto de 2022
[OGF - VIP - SPACENOW DESKTOP - TESTE A/B - 22-6-2-22]
Radar Corporativo

BRF (BRFS3) e Santander (SANB11) lideram quedas nesta manhã; Americanas (AMER3) é destaque positivo

Confira as principais notícias corporativas do dia

02 fevereiro 2022 - 10h49Por Investing.com

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Às 10h32, o Ibovespa operava com queda de 0,15%, a 113.067 pontos, com BRF (SA:BRFS3), IRB Brasil (SA:IRBR3) e Santander (SA:SANB11) liderando as baixas nesta manhã. Na outra ponta, Rede D'Or (SA:RDOR3), Americanas (SA:AMER3) e Weg (SA:WEGE3) são os destaques positivos.

Confira as principais notícias corporativas do dia.

Santander - O Santander teve um lucro líquido de R$ 3,880 bilhões no 4T21, uma queda de cerca de 2% em relação ao mesmo período do ano anterior e abaixo das projeções de analistas em pesquisa da Refinitiv, de R$ 4,309 bilhões. A margem financeira liquida subiu quase 10% ano a ano, para R$ 10,457 bilhões. Apesar da desaceleração econômica do Brasil, a carteira de crédito do banco cresceu 2,8% no trimestre impulsionada pelo crédito ao consumidor.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

As ações caem 3,33%, a R$ 31,64.

BRF - A BRF fixou o preço por ação em R$ 20 no processo de follow da companhia. No âmbito da oferta internacional, o preço por ADR ficou em US$ 3,79. Com isso, foi aprovada a emissão de 270 milhões novas ações ordinárias, com a consequente movimentação de R$ 5,4 bilhões. Deste montante, R$ 500 milhões serão destinados à conta de capital social da companhia e R$ 4,9 bilhões à conta de reserva de capital da empresa.

Os papéis despencam 7,49%, a R$ 20,01.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

Embraer (SA:EMBR3) - A Eve, empresa de veículos aéreos para mobilidade urbana da Embraer, espera ter margem bruta de 25% quando seus eVtols começarem a entrar em operação a partir de 2026, afirmou o vice-presidente financeiro da companhia. O presidente-executivo da Eve, André Stein, afirmou que a empresa tem uma carteira de pedidos de 17 clientes e 1.735 veículos, equivalente a US$ 5,2 bilhões.

Os ativos ganham 0,63%, a R$ 20,81.

Eneva (SA:ENEV3) - O leilão de privatização da gaúcha CEEE-G despertou interesse de grandes grupos do setor elétrico, entre eles Eneva, Comerc e EDF (PA:EDF), que veem uma oportunidade de ampliar sua participação no mercado de geração renovável de energia, disseram fontes à Reuters.

[EBOOK - COMO INVESTIR 50k -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

As ações sobem 1,36%, a R$ 13,44.

BTG Pactual (SA:BPAC11) - O BTG Pactual registrou R$ 1 trilhão em ativos sob gestão e administração. O número contempla os recursos das áreas de Asset Management e Wealth Management, que inclui a plataforma de investimentos para o varejo. Em setembro de 2020 o BTG Pactual havia registrado a marca de R$500 bilhões e, agora, 1 ano e 4 meses depois, já consegue dobrar essa marca.

Os papéis avançam 1,78%, a R$ 24,66.

Romi (SA:ROMI3) - A Romi teve lucro líquido de R$ 54,7 milhões no 4T21, queda de 36,6% ante o ganho líquido de R$ 86,4 milhões em igual período de 2020. A receita líquida totalizou R$ 442,8 milhões no período de outubro a dezembro de 2021, aumento de 22,8%, enquanto o Ebitda somou R$ 85,1 milhões, 19,8% acima do resultado do 4T20.

Os ativos sobem 0,72%, a R$ 16,88.

Energisa (SA:ENGI4) - A Energisa prevê investir R$ 5,59 bilhões este ano.

Os papéis recuam 0,80%, a R$ 43,38.

Carrefour (SA:CRFB3) - O Carrefour Brasil planeja acelerar a abertura de lojas autônomas em condomínios residenciais em relação à expansão dos pontos convencionais com a bandeira Express.

As ações caem 0,42%, a R$ 16,55.

Buscando rentabilidade na Bolsa de valores? Saiba como aumentar seus retornos com um assessor da Ipê Investimentos via WhatsApp.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: