sábado, 18 de maio de 2024
SpaceMercado

Balanços: lucros de JBS (JBSS3) e Vibra (VBBR3) caem, ganhos de Copasa (CSMG3) e Copel (CPLE6) sobem

Veja os principais resultados de companhias que divulgaram seus respectivos balanços financeiros referentes ao quarto trimestre de 2022 entre a noite de terça-feira (21) e a manhã desta quarta-feira (22)

22 março 2023 - 13h26Por Redação SpaceMoney
Fachada de prédio da JBSFachada de prédio da JBS - Crédito: JBS/Divulgação

Veja os principais resultados de companhias que divulgaram seus respectivos balanços financeiros referentes ao quarto trimestre de 2022 entre a noite de terça-feira (21) e a manhã desta quarta-feira (22).

Ainda estão previstos para hoje:

Empresa Código Data Horário
Afya  AFYA 22 de março Depois do fechamento
Braskem BRKM5 22 de março Depois do fechamento
Estapar ALPK3 22 de março Depois do fechamento
LPS  LPSB3 22 de março Depois do fechamento
PetroRecôncavo RECV3 22 de março Depois do fechamento
Sequoia  SEQL3 22 de março Depois do fechamento
Unifique FIQE3 22 de março Depois do fechamento

 

Copasa (CSMG3), Copel (CPLE6), JBS (JBSS3) e Vibra (VBBR3) são destaques:

 

Allied (ALLD3) - A Allied (ALLD3) registrou um lucro líquido contábil de R$ 23,4 milhões no quarto trimestre de 2022, um crescimento de 11,0% na base de comparação anual. 

As receitas totais da companhia somaram R$ 1,36 bilhão entre outubro e dezembro, retração de 21,7% em doze meses. 

O EBITDA (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado totalizou R$ 71,7 milhões no período, queda de 44,5% na comparação com o mesmo intervalo do ano anterior.

 

Copasa (CSMG3) - A Copasa (CSMG3) registrou um lucro líquido de R$ 268,3 milhões no quarto trimestre de 2022, um crescimento de 317,2% na base de comparação anual. 

O EBITDA (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado atingiu R$ 529,9 milhões, expansão de 16,2% em relação ao intervalo entre outubro e dezembro retrasados.

A receita líquida da companhia somou R$ 1,39 bilhão, avanço de 7,7% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

 

Copel (CPLE6) - A Copel (CPLE6) registrou um lucro líquido de R$ 623,5 milhões no quarto trimestre de 2022. O valor corresponde à alta de 57,4% na comparação com o mesmo período do ano anterior.

Já o lucro líquido ajustado atingiu R$ 1,0314 bilhão, crescimento de 124,2% em doze meses.

O EBITDA (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização), em critério ajustado (excluídos os itens não recorrentes), somou R$ 1,42 bilhão no período, alta de 37,3% em um ano.

 

Hidrovias do Brasil (HBSA3) - A Hidrovias do Brasil (HBSA3) registrou um EBITDA (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 110,7 milhões no quarto trimestre de 2022. O resultado foi 26,3% maior que o apurado no mesmo período de 2021. 

A receita líquida operacional totalizou R$ 435,8 milhões de outubro a dezembro de 2022, uma alta de 94,4% na base de comparação anual. 

No comunicado, a Hidrovias do Brasil destacou que este trimestre foi responsável pelo maior volume já movimentado pela companhia neste período contábil. 

 

JBS (JBSS3) - O lucro líquido da JBS (JBSS3) entre outubro e dezembro do ano passado foi de R$ 2,35 bilhões, enquanto o mercado esperava R$ 1,9 bilhão no montante total.

Em relação ao mesmo período de 2021, o resultado foi 63,7% inferior. 

O EBITDA (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi de R$ 4,57 bilhões no quarto trimestre de 2022, cifra 65,2% abaixo do quarto trimestre do ano anterior. 

A receita líquida da empresa ficou em R$ 92,87 bilhões no período. 

 

Positivo (POSI3) - A Positivo (POSI3) registrou lucro líquido ajustado de R$ 136,9 milhões no quarto trimestre de 2022, um crescimento de 227,1% em relação ao registrado um ano antes. 

O EBITDA (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado atingiu R$ 241,5 milhões, uma expansão de 161,8% na base de comparação anual.

 

Santos Brasil (STBP3) - A Santos Brasil (STBP3) registrou um lucro líquido de R$ 135,5 milhões no quarto trimestre de 2022, um crescimento de 23,2% na base de comparação anual.

A receita líquida, entre outubro e dezembro, avançou 5,7% em doze meses e somou R$ 468,8 milhões.

O EBITDA (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) totalizou R$ 198,3 milhões, uma expansão de 24,2% na comparação com o mesmo intervalo do ano anterior.

 

Taurus (TASA4) - A Taurus (TASA4) registrou um lucro líquido de R$ 121 milhões no quarto trimestre de 2022, uma queda de 41,5% na base de comparação anual.

O EBITDA (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 166 milhões no período, retração de 46,1% em relação ao apurado doze meses antes.

 

Vibra (VBBR3) - A Vibra (VBBR3) registrou lucro líquido de R$ 566 milhões no quarto trimestre de 2022, queda de 44,8% em relação ao registrado doze meses antes.

O EBITDA (sigla em inglês para lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de R$ 1,581 bilhão no período, 1,1% menor que o reportado no mesmo intervalo do ano anterior.