Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Radar

Balanços de Lilly, Marriott, Lyft e Itaú: 4 assuntos para observar na terça

Aqui estão quatro coisas que podem afetar os mercados amanhã

02 agosto 2021 - 18h33Por Investing.com

Por Dhirendra Tripathi, do Investing.com - A manobra do Senado dos Estados Unidos com um plano de infraestrutura de US$ 1 trilhão deu suporte às ações, apesar das crescentes preocupações com o aumento de casos de Covid-19 e seu impacto na economia.

Balanços corporativos também estão amenizando os humores em Wall Street e esta semana promete outra grande lista de relatórios de cerca de um quarto do S&P 500. Nesta segunda-feira, as negociações foram contidas, com o S&P 500 e o Dow Jones em queda perto do fechamento.

No domingo, o Senado finalmente anunciou um plano bipartidário para investimentos em estradas, pontes, ferrovias e serviço de internet de alta velocidade com alguns legisladores reforçando a ideia de que o projeto seria aprovado ainda esta semana.

No início do dia, o petróleo caiu cerca de 4% devido aos fracos indicadores econômicos da China e dos EUA, os maiores compradores da commodity. Uma queda na demanda, especialmente se empresas tiverem que paralisar as atividades por causa do recrudescimento dos casos de Covid, pesará sobre os preços do petróleo.

A atividade industrial nos EUA desacelerou em julho pela segunda vez consecutiva. As atenções estão voltadas para o relatório de sexta-feira sobre empregos gerados em julho, que será uma amostra decisiva de recuperação econômica até o momento.

No Brasil, o mercado aguarda a decisão do Copom na quarta feira, que deverá definir o ritmo de alta da taxa Selic.

Uma boa parte das grandes varejistas norte-americanas, incluindo Target Corporation (NYSE:TGT) (SA:TGTB34), Kroger Company (NYSE:KR) e Walmart Inc (NYSE:WMT) (SA:WALM34), agora encorajam fortemente os clientes a usarem máscaras dentro de seus estabelecimentos depois que autoridades de saúde pública instaram até mesmo os americanos vacinados a usarem máscaras em locais onde o vírus tem possa ter uma alta taxa de transmissibilidade.

No Brasil, o Itaú foi um dos principais suportes do Ibovespa na segunda, antes de divulgar seu amplamente esperado balanço após o fechamento.

Aqui estão quatro coisas que podem afetar os mercados amanhã:

1. Itaú

O mercado brasileiro irá repercutir o balanço de Itaú (SA:ITUB4), após o fechamento do pregão de segunda. A expectativa da XP é que o lucro permaneça estável no trimestre, a R$ 65 bilhões.

Outros balanços no radar são os de Cielo (SA:CIEL3), Marcopolo (SA:POMO4), Copasa (SA:CSMG3) e PetroRio (SA:PRIO3).

2. Eli Lilly

Espera-se que a gigante farmacêutica Eli Lilly and Company (NYSE:LLY) (SA:LILY34) divulgue seus lucros na terça-feira. Analistas acompanhados pelo Investing.com esperam lucro por ação de US$ 1,89 sobre receita de US$ 6,59 bilhões no segundo trimestre.

3. Marriott

A Marriott International Inc (NASDAQ:MAR) (SA:M1TT34), uma aposta de renascimento para as ações do setor de viagens e lazer, deve registrar uma receita de US$ 3,23 bilhões e LPA de 46 centavos no segundo trimestre. Analistas estarão atentos aos comentários dos executivos sobre as perspectivas para viagens, dada a disseminação da variante delta.

4. Lyft

Espera-se que a Lyft (NASDAQ:LYFT), rival da Uber Technologies Inc (NYSE:UBER) (SA:U1BE34), registre um prejuízo por ação de 24 centavos sobre uma receita de US$ 699,13 milhões. Os relatórios são esperados para depois do fechamento de terça-feira. Os analistas estarão atentos às perspectivas da empresa sobre as contratações, em um momento em que grandes empregadores se esforçam para atrair de volta os trabalhadores.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: