Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Em reunião

Baixa do EUR/USD deve acabar após promessas do BCE de aumento da compra de títulos

11 março 2021 - 18h45Por Investing.com

Por Yasin Ebrahim, da Investing.com - O euro saltou em relação ao dólar e parece prestes a interromper sua sequência de derrotas de duas semanas, conforme os especialistas sugerem que a trajetória de queda da moeda única provavelmente acabou, após a última reunião de política monetária do Banco Central Europeu na quinta-feira.

O par EUR/USD subiu 0,48%, para US$ 1,1983.

"Pelo que vimos hoje, o euro se estabilizou e não houve queda significativa abaixo do nosso suporte delineado de 1,1850 nos últimos dias", disse o National Bank Australia após a reunião de política monetária do BCE e a conferência de imprensa da presidente do banco, Christine Lagarde.

O Banco Central Europeu deixou as taxas inalteradas em 0%, como esperado, mas prometeu acelerar o ritmo de compras de títulos para conter o aumento nos rendimentos dos títulos europeus e manter as condições financeiras estáveis.

"Enquanto o BCE hoje previsivelmente deixou inalterados seus principais parâmetros de política, incluindo suas taxas de juros e o teto PEPP de 1,85 trilhão de euros, a declaração pós-reunião do Conselho do BCE foi além do esperado ao abordar as preocupações sobre sua disposição de tolerar a recente mudança para cima em rendimentos", disse a Daiwa Capital Markets em uma nota.

Parece que o euro será negociado em uma faixa entre US$ 1,22 e US$ 1,23, antes de aumentar os ganhos para chegar a US$ 1,26 em meados do ano, conforme a recuperação liderada pela vacina toma forma.

"[Não] vemos razão para perseguir a queda [do euro], a menos que a situação das vacinas do lado europeu realmente se deteriore", acrescentou o National Bank Australia. "No momento, é o caso da Europa estar alguns meses atrás, mas no verão o hemisfério norte deve estar praticamente na mesma página."

O sentimento sobre a recuperação da zona do euro ecoa a visão apresentada pelo banco na quinta-feira.

O BCE aumentou sua projeção do PIB de 2021 para 4%, de 3,9% em dezembro, e prevê que o crescimento aumentará acima dos níveis pré-pandêmicos em meados do próximo ano. Para 2022, no entanto, cortou sua projeção de 4,2% para 4,1%.

“Olhando para o futuro, as campanhas de vacinação em andamento, juntamente com o relaxamento gradual das medidas de contenção - impedindo quaisquer desenvolvimentos adversos adicionais relacionados à pandemia - sustentam a expectativa de uma recuperação firme da atividade econômica no decorrer de 2021”, disse Lagarde.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: