segunda, 29 de novembro de 2021
Em meio a impasse

Autoridades da Argentina se reúnem com investidores em Nova York após negociações com FMI

Encontro tenta viabilizar um programa de empréstimos para substituir um acordado em 2018, que falhou e deixou o país sul-americano como o maior tomador de empréstimos do FMI, com dívida próxima de 45 bilhões de dólares

15 outubro 2021 - 14h58Por Reuters
Campanha Black Friday 2021 - Warren

Por Rodrigo Campos, da Reuters - Autoridades do governo argentino, incluindo o ministro das Finanças, Martín Guzmán, reuniram-se com investidores privados nesta sexta-feira em Nova York, disse o governo do país.

Guzman foi acompanhado pelo chefe de gabinete da Argentina, Juan Manzur, e pelo embaixador argentino nos Estados Unidos, Jorge Arguello.

A reunião acontece após Guzmán se reunir nesta semana com a chefe do Fundo Monetário Internacional, Kristalina Georgieva, e os dois concordarem em continuar trabalhando no desenvolvimento de um programa de empréstimo do FMI com credibilidade.

A Argentina e o FMI vêm negociando há meses um programa de empréstimos para substituir um acordado em 2018, que falhou e deixou o país sul-americano como o maior tomador de empréstimos do FMI, com dívida próxima de 45 bilhões de dólares.

No ano passado, a Argentina reestruturou cerca de 65 bilhões de dólares em dívidas com credores privados internacionais, mas os títulos reestruturados estão sendo negociados em níveis estressados, à medida que os investidores se preocupam com as perspectivas econômicas do país exportador de soja.

O país sul-americano está lutando com uma inflação alta que ultrapassa os 52% ao ano.

 

Tags: Argentina, fmi

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content