Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Em alta

Aura Minerals tem 2º maior salto na produção de ouro; XP recomenda Compra

Os papéis da Aura Minerals operavam próximos à estabilidade nesta terça-feira (11) após a companhia apresentar um EBITDA de US$ 52 milhões no 1º tri

11 maio 2021 - 11h44Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os papéis da Aura Minerals (SA:AURA33) operavam próximos à estabilidade nesta terça-feira (11) após a companhia apresentar um EBITDA de US$ 52 milhões no primeiro trimestre, uma alta de 4% em relação ao trimestre anterior.

Perto das 11h30, a ação era negociada a R$ 64,77.

Segundo a companhia, em apresentação de resultados divulgada após o fechamento do mercado ontem, a produção de ouro atingiu 67 mil onças no período, alta anual de 66% e a segunda maior da história.

Para os analistas da XP Investimentos, o resultado é explicado por conta de teores mais elevados na mina de San Andres, em Honduras, teores ainda altos na mina Ernesto e início da produção em Nosde, no complexo EPP, no Brasil, e o aumento da capacidade em Aranzazu, no México, em linha com o guidance da companhia de alcançar uma expansão de 30% na produção.

Os analistas também escrevem que os fortes níveis de produção e os melhores preços realizados de cobre levaram a um aumento na receita líquida para US$ 116 milhões no período, alta de 15% no trimestre e de 139% na comparação anual.

Eles acreditam que a empresa esteja bem posicionada para aproveitar os benefícios do plano de expansão e destravar valor quando declarar novos recursos e reservas.

Também estimam um retorno com fluxo de caixa de 14% no final de 2021 e dívida líquida/EBITDA de -0,7 vez.

A XP manteve a recomendação de Compra para Aura, com preço-alvo de R$ 95 por BDR.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: