terça, 09 de agosto de 2022
[OGF - VIP - SPACENOW DESKTOP - TESTE A/B - 22-6-2-22]
Balanços 1T22

Alupar (ALUP11), Telefônica Brasil (VIVT3) e mais empresas divulgam balanços do 1º tri

Entre a noite de terça-feira (10) e a manhã desta quarta-feira (11), companhias deram prosseguimento a temporada de balanços

11 maio 2022 - 08h32Por Redação SpaceMoney
VivoVivo - Crédito: Reprodução

Entre a noite de terça-feira (10) e a manhã desta quarta-feira (11), mais empresas deram prosseguimento a temporada de balanços do primeiro trimestre de 2022.

Veja abaixo os números de Alupar (ALUP11), Armac (ARML3), BrasilAgro (AGRO3), BV, CSU Cardsystem (CARD3), Cury (CURY3), CVC (CVCB3), Grupo SBF (SBFG3), Log-In (LOGN3), Mobly (MBLY3), Nutriplan (NUTR3), Qualicorp (QUAL3), São Carlos (SCAR3), Taurus (TASA4), Telefônica Brasil - Vivo (VIVT3) e Valid (VLID3):

Alupar (ALUP11)

A Alupar registrou um lucro líquido pela norma IFRS de R$ 431 milhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 33,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

O EBITDA (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) IFRS totalizou R$ 1,131 bilhão no primeiro trimestre deste ano, aumento de 2,1% ante o mesmo período de 2021.

Armac (ARML3)

A Armac (ARML3) registrou um lucro líquido ajustado de R$ 28,0 milhões no primeiro trimestre de 2022. A cifra foi 264,8% maior que o apurado um ano atrás.

O EBITDA ajustado se expandiu em 223,2%, a R$ 87,7 milhões.

[OGF - VIP -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250 - TESTE A/B - 22-6-2022]

BrasilAgro (AGRO3)

A BrasilAgro (AGRO3) registrou um lucro líquido de R$ 489 milhões no encerramento do primeiro trimestre, que totaliza os nove primeiros meses do ano safra 2021/2022 - avanço de 158% na comparação anual.

O Ebitda ajustado no mesmo período foi de R$ 691,6 milhões, salto de 216% em um ano.

BV

O BV anunciou na terça-feira (10) que registrou um lucro líquido recorrente de R$ 388 milhões no primeiro trimestre, alta de 8,6% ante mesma etapa de 2021, com maiores margens com crédito que compensaram o efeito de provisões mais altas para perdas com calotes.

[EBOOK - COMO INVESTIR 50k -  SQUARE DETALHE NOTÍCIA 300X 250]

CSU Cardsystem (CARD3)

A CSU CardSystem registrou um lucro líquido de R$ 15,5 milhões no primeiro trimestre de 2022, o que representa um crescimento de 20,7% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Já o EBITDA foi de R$ 39,2 milhões, com expansão de 9,3% na base anual.

Cury (CURY3)

A Cury registrou um lucro líquido de R$ 61,9 milhões, cifra 23,8% maior no primeiro trimestre na comparação anual.

Na mesma base de comparação, o EBITDA cresceu na mesma proporção, em 23,6%, e atingiu R$ 79,1 milhões nos primeiros três meses do ano.

CVC (CVCB3)

A CVC reportou prejuízo líquido de R$ 166,8 milhões no primeiro trimestre de 2022, 104,7% pior na comparação com o mesmo período de 2021.

O EBITDA ajustado de R$ 12,5 milhões de janeiro a março reverteu resultado negativo de R$ 63,0 milhões registrado um ano antes.

Grupo SBF (SBFG3)

O Grupo SBF, dono da rede de produtos esportivos Centauro, registrou um lucro líquido atribuído aos controladores de R$ 17,6 milhões no primeiro trimestre. O montante reverte o prejuízo líquido de R$ 36,1 milhões no mesmo período do ano passado.

O EBITDA saltou 442,5% entre janeiro e março, a R$ 179,8 milhões. 

Log-In (LOGN3)

A Log-IN (LOGN3) registrou um lucro líquido de R$ 60,3 milhões no primeiro trimestre de 2022. O montante reverte um prejuízo de R$ 21,3 milhões do mesmo intervalo do ano passado.

O EBITDA se expandiu 62% em um ano, a R$ 114,1 milhões.

Mobly (MBLY3)

A Mobly registrou um prejuízo líquido de R$ 25,9 milhões no primeiro trimestre de 2022. O montante representa uma alta de 1,7% em perdas na comparação com o mesmo período do ano passado.

O EBITDA ajustado foi negativo em R$ 8,5 milhões, contra R$ 1,6 milhão positivos reportado entre janeiro e março de 2021.

Nutriplan (NUTR3)

 

Qualicorp (QUAL3)

A Qualicorp registrou um lucro líquido de R$ 74,1 milhões, cifra 35,3% menor do que os R$ 114,5 milhões informados entre janeiro e março do ano passado.

O EBITDA ajustado foi a R$ 252,8 milhões no trimestre analisado, o que representa uma queda de 9,2% em relação aos R$ 278,3 milhões do mesmo período de um ano atrás.

São Carlos (SCAR3)

 

Taurus (TASA4)

A Taurus (TASA4) registrou um lucro líquido de R$ 195 milhões no primeiro trimestre de 2022, alta de 186,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

O EBITDA ajustado se expandiu 37,8% em um ano, a R$ 242,6 milhões.

Telefônica Brasil - Vivo (VIVT3)

A Telefônica Brasil - Vivo registrou um lucro líquido de R$ 750 milhões no primeiro trimestre de 2022, queda de 20,4% na base anual

O EBITDA ajustado avançou 1,3% em um ano, a R$ 4,5 bilhões.

Valid (VLID3)

A Valid registrou um prejuízo líquido de R$ 16,5 milhões no primeiro trimestre de 2022. O montante representa uma expansão de 489,3% em perdas na comparação com o mesmo período do ano passado.

O EBITDA ajustado cresceu 68,5% em um ano, a R$ 103 milhões.

 

Com informações de InfoMoney, O Estado de S.Paulo, Reuters e Valor.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: