terça, 30 de novembro de 2021
IPO

Airbnb sobe na abertura com valor de mercado de US$ 100 bilhões

10 dezembro 2020 - 17h54Por Investing.com
Campanha Black Friday 2021 - Warren

Por Christiana Sciaudone, da Investing.com - As ações do Airbnb Inc (NASDAQ:ABNB) abriram as negociações desta quinta-feira (10) a US$ 146, mais do que o dobro dos US$ 68 em que foram cotadas na quarta-feira, na esteira da DoorDash Inc (NYSE:DASH) e de sua estreia espetacular.

A empresa vendeu cerca de 52 milhões de ações - originalmente comercializadas entre US$ 90 e US$ 95 - na quarta-feira, levantando US$ 3,5 bilhões em sua oferta pública inicial, e agora tem um valor de mercado de mais de US$ 100 bilhões.

O IPO da Airbnb é o terceiro maior nos EUA este ano, superado apenas pela empresa de Bill Ackman, a Pershing Square (NYSE:SQ) Tontine (NYSE:PSTH) de US$ 4 bilhões, e pela Snowflake Inc (NYSE:SNOW), com oferta de US$ 3,86 bilhões.

As ações da DoorDash subiram 92% na quarta-feira, depois de levantar US$ 3,37 bilhões em seu IPO, informou a Bloomberg. A capitalização de mercado da empresa de entregas é de cerca de US$ 60 bilhões, superior à da Lululemon Athletica (NASDAQ:LULU) e da Ford Motor (NYSE:F). A DoorDash caía cerca 5% na quinta.

A Airbnb, fundada em 2007, viu seus negócios despencarem em meio à pandemia de Covid-19, que interrompeu significativamente as viagens internacionais e nacionais. Mas os negócios se recuperaram depois que as viagens domésticas retornaram. A ideia de trabalhar em qualquer lugar também apoiou a empresa, pois os moradores de cidades buscaram refúgio fora das áreas urbanas. Além disso, tem sido uma bênção para aqueles que precisam complementar sua renda, ou a falta dela, em meio a milhões de empregos perdidos.

Em 30 de setembro, o Airbnb tinha mais de 4 milhões de anfitriões em todo o mundo, com 86% deles localizados fora dos EUA. Os anfitriões tinham 7,4 milhões de listagens de casas e experiências disponíveis, das quais 5,6 milhões eram listagens ativas. A empresa estima que o mercado total endereçável para seus serviços seja de US$ 3,4 trilhões, incluindo US$ 1,8 trilhão para estadias de curta duração, US$ 210 bilhões para estadias de longo prazo e US$ 1,4 trilhão para experiências.

O Airbnb sofreu perdas líquidas desde sua fundação, incluindo US$ 696,9 milhões nos nove meses encerrados em 30 de setembro.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content