sábado, 04 de dezembro de 2021
Queda

Ações da Ferrari derrapam com mudança de recomendação do Goldman Sachs de Compra para Venda

As ações estão sendo negociadas hoje abaixo da estimativa do analista George Galliers

14 junho 2021 - 15h42Por Investing.com
 - Crédito: Brandon Atchison via Unsplash

Por Dhirendra Tripathi, do Investing.com – As ações da Ferrari (NYSE:RACE) recuavam quase 3% às 15h10 (horário de Brasília) do pregão de segunda-feira, alinhadas ao rebaixamento do ativo em dois níveis por parte do Goldman Sachs.

Ao mudar a recomendação para a ação de Compra para Venda, o gigante de Wall Street reduziu seu preço-alvo de US$ 227 para US$ 207. As ações estão sendo negociadas hoje abaixo da estimativa do analista George Galliers.

O analista não antecipa que a Ferrari se beneficie de maneira relevante de um alívio no fornecimento de semicondutores e melhora na demanda.

A expectativa de Galliers é que a Ferrari acelere sua transição para tecnologias mais verdes e aumente seus gastos com elas. Embora isso seja bom para a empresa a longo prazo, o analista acredita que isso pode impulsionar a necessidade de maior despesa de capital.

Apesar de um capex mais elevado nem sempre exigir maior captação de recursos, deixa montantes bem menores para distribuição em forma de dividendo ou para a adoção de medidas parecidas que sejam favoráveis aos investidores no curto prazo.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content