domingo, 28 de novembro de 2021
Conteúdo de marca

Informação e conhecimento são fatores recomendados antes de começar a investir

Ser íntimo do mercado antes de começar a aplicar é um diferencial na busca por rentabilidade

22 abril 2021 - 17h17Por Ouro Preto Investimentos

Os brasileiros são conhecidos por não terem a cultura de investir, mas isso parece estar mudando. No ano passado, mais de 1,5 milhão de pessoas físicas passaram a realizar investimentos na bolsa de valores e uma pesquisa do Google, feita em julho do ano passado com mil pessoas, revelou que 40% das que ainda não investem gostariam de aprender mais sobre como aplicar seus recursos para ter segurança para investir.

O levantamento também revelou que, por desinformação, aqueles que fazem alguma aplicação acabam procurando produtos pouco rentáveis, como a poupança. Como fazer para mudar essa mentalidade e levar mais informação para esse público?

Educação sobre investimentos na prática

A pesquisa do Google também mostrou que outra principal barreira para o público iniciante é o linguajar complicado do mercado financeiro. Inclusive, quase 20% dos investidores profissionais consultados responderam que acham a linguagem muito “complexa” e que muitas vezes as informações são “pouco claras” para quem não é íntimo do mercado financeiro.

Considerando esse cenário, uma das prioridades da Ouro Preto Investimentos neste ano é dar atenção para quem quer começar a investir, mas que prefere, antes, ter mais conhecimento. “Além de uma plataforma eletrônica para que investidores de varejo possam diretamente alocar seus recursos nos fundos de investimento, também estamos desenvolvendo uma base de conteúdo com materiais completos de educação financeira”, explica João Peixoto, sócio-diretor da gestora de recursos de terceiros. 

O objetivo é criar um ambiente que torne mais acessível o complexo do mundo dos investimentos e mostre que é possível conseguir bons resultados mesmo para quem não tem milhões na conta bancária para aplicar. “Serão materiais com linguagem simples, como textos e vídeos didáticos, produzidos com foco em quem está iniciando e tem vontade de aprender”, completa o sócio-diretor.

Para este ano, além da plataforma eletrônica e dos materiais de educação financeira, a empresa também está desenvolvendo novos produtos para esse público, como Fundos de Investimentos Imobiliários com foco em terras agrícolasfundos de investimentos para o mercado editorial e Fundos de Investimentos Socioambientais (ESG).

Hoje, a Ouro Preto Investimentos já conta com fundos de investimentos que podem fazer parte da carteira de pequenos investidores, como o Ouro Preto Ações FIA (renda variável) e o Ouro Preto Real FIC FIRF (renda fixa). 

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content