terça, 28 de maio de 2024
Economia

Volume de serviços volta a crescer e avança 0,40% em março, diz IBGE

No acumulado dos últimos doze meses, a expansão chega a 1,40%

14 maio 2024 - 09h04Por Lucas de Andrade

O volume de serviços prestados no Brasil voltou a avançar em março, com uma expansão de 0,40%, após ter recuado 0,90% em fevereiro, apontou a Pesquisa Mensal de Serviços (PMS) divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira (14).

O volume de serviços ficou 12,10% acima do nível pré-pandemia de COVID-19 (fevereiro de 2020) e 1,50% abaixo do ponto mais alto da série histórica (alcançado em dezembro de 2022).

Já no indicador acumulado para o primeiro trimestre de 2024, na comparação com igual período do ano anterior, o setor fechou com crescimento de 1,20%. No acumulado dos últimos doze meses, a expansão chega a 1,40%.

Das cinco atividades de divulgação investigadas, quatro apresentaram avanço. O principal destaque foi para o setor de informação e comunicação, que cresceu 4,00% em março, e eliminou a perda de 2,50% registrada em fevereiro.

Foi o crescimento mais intenso para essa atividade desde janeiro de 2017, quando registrou alta de 8,20%. O setor também alcançou, em março de 2024, o patamar mais alto da série histórica.