Reajustes

Petrobras (PETR4): gasolina e gás de cozinha ficam mais caros a partir desta terça-feira

Primeiro reajuste do ano reflete alta de 7,12% na gasolina e de 9,8% no gás de cozinha; variação chega aos consumidores

Rio de Janeiro – Edifício sede da Petrobras no Centro do Rio. (Fernando Frazão/Agência Brasil)
Rio de Janeiro – Edifício sede da Petrobras no Centro do Rio. (Fernando Frazão/Agência Brasil)

A Petrobras (PETR3)(PETR4) informou o aumento do preço da gasolina em R$ 0,20 por litro a partir desta terça-feira, 9 de julho.

Esse ajuste representa um aumento de 7,12%, e eleva o preço para distribuidoras para R$ 3,01 por litro.

O impacto estimado para o consumidor final, considerada a mistura de 27,00% de etanol, chega a cerca de R$ 0,15 por litro.

O preço final nos postos pode variar, pois inclui margens de lucro de varejistas e distribuidoras, além de custos de transporte.

Este foi o primeiro aumento da gasolina neste ano.

A última mudança ocorreu em outubro de 2023, com uma redução de 4,00%. O último aumento foi em agosto do mesmo ano (16%).

Além disso, a Petrobras (PETR3)(PETR4) também ajustou o preço do gás de cozinha (GLP), e aumentou em R$ 3,10 por botijão de 13,0 kg, o que eleva o preço para R$ 34,70.

O último ajuste para o GLP ocorreu em julho de 2023, com uma queda de 3,90%, enquanto o último aumento foi em março de 2022, com 24,90%.