segunda, 15 de abril de 2024
Economia

DÓLAR HOJE - IGP-M; expectativas pela PTAX; dados de crescimento, inflação e trabalho nos EUA

Confira os principais fatores que catalisam as movimentações da moeda norte-americana nesta quarta-feira (27)

27 março 2024 - 17h04Por José Chacon

Nesta quarta-feira (27), não existem eventos catalisadores de movimentações para a moeda norte-americana, mas o mercado de câmbio opera com a expectativa pela divulgação da Ptax, a taxa de câmbio calculada pelo Banco Central (BC) de fechamento do mês de março. A divulgação foi deslocada para amanhã (28), devido ao feriado de Páscoa na sexta-feira (29).

 

Nesta quarta-feira (27), o dólar encerrou o dia em queda de 0,07%, cotado a R$ 4,978.

 

ATUALIZAÇÕES:

  • - 14:44: Dólar comercial (compra): -0,08%, cotado a R$ 4,978. 
  • - 10:09: Dólar comercial (compra): +0,13%, cotado a R$ 4,988.

 

Confira a agenda completa de indicadores econômicos desta quarta-feira, 27 de março:

  • -   8:00 - o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulga três indicadores nesse mesmo horário: Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) e as sondagens de serviços e de comércio do mês de março;
  • - 14:00 - o Ministério do Trabalho e Emprego apresenta o CAGED (geração de emprego formal) em fevereiro.

 

Análise

De acordo com Bruno Nascimento, analista de Câmbio para Norte e Nordeste da B&T Câmbio, as atenções se voltam para o IGP-M, “indicador extremamente importante para acompanhar o cenário da economia”. 

E, ainda, o mercado de câmbio deve ficar atento a dois indicadores norte-americanos: na quinta-feira (28) teremos o PIB trimestral e os pedidos de seguro-desemprego dos EUA, e, na sexta-feira (29), teremos a inflação medida pelo PCE.

“Estes indicadores pesam bastante na análise do FED”, declarou Nascimento.

Nicolas Borsoi, economista-chefe da Nova Futura Investimentos, comentou que a fraqueza do Yen beneficia o dólar globalmente. “As perdas nas commodities devem pesar na abertura do Ibovespa e a performance dos pares sugere alta do dólar na abertura”, comentou.

 

No exterior...

Europa

Zona do Euro

O índice de sentimento econômico da região da Zona do Euro, que mede a confiança de setores corporativos e dos consumidores, subiu para 96,30 pontos em março, contra 95,50 pontos em fevereiro, de acordo com uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira (27), pela Comissão Europeia, braço executivo da União Europeia (UE).

O dado de fevereiro foi levemente revisado para cima, de 95,40 pontos originalmente.

Esse resultado de março superou a expectativa de analistas consultados pela FactSet, que previam alta do índice a 96,10 pontos.

Apenas a confiança do consumidor avançou de -15,50 pontos em fevereiro para -14,90 pontos em março, e confirmou a leitura preliminar, enquanto a da indústria aumentou de -9,50 pontos para -8,80 pontos no mesmo período, e a de serviços melhorou levemente, de 6,00 para 6,30 pontos.

As informações são do site Bom Dia Mercado.