quarta, 29 de maio de 2024
Economia

DÓLAR HOJE - Cotações acima de R$ 5,20 podem provocar BC a reduzir ritmo de cortes na taxa Selic

Confira os principais fatores que catalisam as movimentações para o câmbio nesta quinta-feira (18)

18 abril 2024 - 17h04Por Redação SpaceMoney

Nesta quinta-feira (18), não existe um evento catalisador de movimentações para a cotação do dólar no dia, mas o mercado financeiro observa as tensões no Brasil quanto ao destino da taxa básica de juros Selic, ao mesmo tempo, em que monitora a agenda econômica e o conflito no Oriente Médio.

O dólar encerrou em alta de 0,12%, a R$ 5,249. 

 

ATUALIZAÇÕES:

  • - 16:15: Dólar comercial (compra): +0,08%, cotado a R$ 5,247. 
  • - 10:05: Dólar comercial (compra): +0,05%, cotado a R$ 5,245.

 

Na última quarta-feira (17), Roberto Campos Neto (RCN) deu dois recados importantes ao mercado: o Banco Central não vai fazer intervenção no câmbio para conter o dólar e o Comitê de Política Monetária (COPOM) pode rever o guidance que contratou novo corte de 0,50 p.p. para a taxa básica de juros Selic em maio.

Atualmente, a Selic está em 10,75% ao ano (a.a.), e o BC sinalizava cortes de 0,50% na reunião de maio do COPOM, com prováveis cortes futuros de menor magnitude.

Mas com as novas mudanças na meta fiscal brasileira e o dólar em um patamar elevado, com negociações acima dos R$ 5,20, o corte deve ser mais tímido. 

 

O dólar encerrou a última quarta-feira (17) em queda de 0,50%, cotado a R$ 5,243.

 

Na agenda econômica desta quinta-feira (18), no Brasil, estão:

  • -     8:00 - segunda prévia do IGP-M de abil, pelo Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getúlio Vargas (Ibre-FGV);
  • -   14:30 - fluxo cambial estrangeiro semanal, pelo Banco Central (BC).

 

No exterior...

EUA

agenda econômica dos Estados Unidos da América (EUA) nesta quinta-feira (18):

  • -   9:30 - volume de pedidos de auxílio-desemprego da semana;
  • - 11:00 - indicadores antecedentes de março.