quarta, 17 de abril de 2024
Economia

DÓLAR HOJE - Expectativas para balança comercial de fevereiro e Payroll de março; PMIs pela Europa

Confira os principais fatores que catalisam as movimentações da moeda norte-americana nesta quinta-feira (4)

04 abril 2024 - 17h00Por Redação SpaceMoney

Nesta quinta-feira (4), o mercado de câmbio opera com expectativas para o relatório Payroll de março, a ser divulgado na próxima sexta-feira (5). 

Quanto ao ciclo do corte de juros tão aguardado pelo mercado financeiro global, ontem, Jerome Powell repetiu o que havia dito na Sexta-Feira Santa, sobre riscos tanto em corte de juros prematuro quanto em relaxamento tardio.

Apesar de o comentário não ter sido novidade, parte do mercado fez uma leitura de alívio, já que o presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central norte-americano) não veio mais hawkish, mesmo com os últimos indicadores fortes de atividade.

As incertezas sobre o início do ciclo de corte do juro, porém, persistem. 

Nesta quinta-feira (4), o dólar encerrou o dia em alta de 0,19%, cotado a R$ 5,050.

 

ATUALIZAÇÕES:

  • - 12:27: Dólar comercial (compra): -0,50%, cotado a R$ 5,015.
  • - 11:25: Dólar comercial (compra): -0,47%, cotado a R$ 5,017.
  • - 10:04: Dólar comercial (compra): -0,01%, cotado a R$ 5,040.

 

Confira a agenda completa de indicadores econômicos desta quinta-feira, 4 de abril, no Brasil:

  • -      8:00 - o Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV) apresenta o Indicador Antecedente de Emprego de março;
  • -      8:30 - o BC divulga o IDP e as Transações Correntes de fevereiro;
  • -    14:30 - o Banco Central informa o fluxo cambial da semana;
  • -    15:00 - A Secretária de Comércio Exterior (Secex) do Ministério de Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDICS) anuncia a balança comercial de março.

 

No exterior...

EUA

Confira a agenda econômica dos Estados Unidos nesta quinta-feira (4):

  • -   9:30 - balança comercial de fevereiro;
  • -   9:30 - volume dos pedidos de auxílio-desemprego da semana.

 

Europa 

Alemanha

PMI Composto - O índice de gerentes de compras (PMI, na sigla em inglês) de serviços da Alemanha subiu de 48,30 em fevereiro para 50,10 em março, o maior nível em seis meses e acima da marca de 50 que indica expansão de atividade, segundo pesquisa final divulgada nesta quinta-feira (4), pela S&P Global em parceria com o Hamburg Commercial Bank.

A leitura definitiva de março ficou acima da estimativa preliminar e da projeção de analistas consultados pela FactSet, de 49,8 em ambos os casos.

 

Zona do Euro

PMI Composto - o PMI composto da Zona do Euro subiu para 50,30 em março, mais do que inicialmente estimado, acima da barreira de 50 que indica expansão pela primeira vez desde maio de 2023, com a ajuda do setor de serviços.

 

PPI - O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro caiu 8,30% na comparação anual de fevereiro, depois de recuar em ritmo mais contido em janeiro, de 8%, segundo dados publicados nesta quinta-feira (4), pela Eurostat, a agência oficial de estatísticas da União Europeia.

A variação de janeiro foi revisada para cima, de -8,6% originalmente. Em relação a janeiro, o PPI do bloco caiu 1,0% em fevereiro.

Analistas consultados pela FactSet previam declínio maior do PPI no confronto anual de fevereiro, de 8,60%, e retração menor na leitura mensal, de 0,70%.