terça, 16 de abril de 2024
Economia

DÓLAR HOJE - Discurso de Jerome Powell; pesquisa ADP; PMIs do Brasil e dos EUA

Confira os principais fatores que catalisam as movimentações da moeda norte-americana nesta quarta-feira (3)

03 abril 2024 - 17h05Por Redação SpaceMoney

Nesta quarta-feira (3), o mercado de câmbio monitora o discurso de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central norte-americano), na espera de traçar apostas sobre quando vai ocorrer o primeiro corte de taxa de juros pela entidade e qual pode ser o alívio monetário total nos EUA neste ano.

Além disso, serão observados os números dos PMIs compostos do Brasil e Estados Unidos, que saem nesta manhã.

Nesta quarta-feira (3), o dólar encerrou o dia em queda de 0,35%, cotado a R$ 5,040.

 

Presidente do Fed diz que autarquia tem tempo para deliberar sobre redução de juros

 

ATUALIZAÇÕES:

  • - 10:04: Dólar comercial (compra): +0,27%, cotado a R$ 5,072.

 

 

Confira a agenda completa de indicadores econômicos desta terça-feira, 2 de abril, no Brasil:

  • -       9:00 - o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) informa a pesquisa industrial de fevereiro;
  • -     10:00 - o S&P Global divulga o PMI composto de março.

 

No exterior...

EUA

Confira a agenda econômica dos Estados Unidos nesta quarta-feira (3):

  • -   9:15 - pesquisa ADP, que mede a geração de vagas de trabalho de março;
  • - 10:45 - S&P Global divulga o PMI composto de março;
  • - 11:00 - ISM do setor de serviços de março.

 

Europa 

Zona do Euro

Desemprego - A taxa de desemprego da zona do euro ficou em 6,5% em fevereiro, mesmo nível de janeiro, de acordo com dados com ajustes sazonais divulgados nesta quarta-feira (3), pela agência oficial de estatísticas da União Europeia, a Eurostat.

O dado de janeiro foi revisado para cima, de 6,4% originalmente. Analistas consultados pela FactSet previam que a taxa continuaria em 6,4% em fevereiro.

A Eurostat calcula que havia 11,102 milhões de desempregados na zona do euro em fevereiro. Em relação a janeiro, o número de pessoas sem emprego na região apurou um aumento de 17.000.

 

CPI - A taxa anual de inflação ao consumidor (CPI) da zona do euro desacelerou para 2,4% em março, segundo cálculo preliminar da Eurostat, abaixo da expectativa de analistas, que previam repetição da taxa de 2,6% de fevereiro.