terça, 17 de maio de 2022
Finanças para jovensCOLUNA

Finanças para jovens

Larissa Brioso

Educadora Financeira na Mobills

Negociação de dívidas: dicas essenciais para quitar débitos

Estar com o nome sujo te distancia cada dia mais da sua liberdade e independência financeira

10 março 2022 - 17h20
Negociação de dívidas: dicas essenciais para quitar débitos

Estar com o nome limpo nos possibilita muitos benefícios no mercado de crédito, como a conquista do cartão ideal, com direito a diversos benefícios para o dia a dia, e muito mais. Em contrapartida, além das infinitas cobranças e falta de confiança dos agentes de mercado, estar com o nome sujo te distancia cada dia mais da sua liberdade e independência financeira. Pois, com altas taxas de juros correndo, a cada dia você estará devendo ou pagando um dinheiro que poderia ser utilizado para investir em você, no seu conhecimento, futuro, família e demais sonhos. 

Sabendo disso, selecionamos algumas dicas para te ajudar a limpar o nome reduzindo o valor atual de suas dívidas por meio de uma negociação de débitos. Confira:

Faça um levantamento de dívidas

Para conseguir negociar os débitos pendentes é preciso ter conhecimento de quais são e o quanto cada um pesa no bolso. Sabendo disso, em uma planilha de levantamento de dívidas ou mesmo em um caderno, colete as seguintes informações:

- Valor inicial da dívida;
- Custo Efetivo Total (CET);
- Tipo da dívida;
- Nome do credor;
- Formas de contato do credor (telefone, site);
- Condições iniciais do pagamento. 

Ao conhecer informações como taxas, número e valor de cada parcela, por exemplo, fica muito mais fácil conseguir um novo acordo com uma forma de pagamento que melhor condiz com a sua realidade financeira atual. 

Priorize dívidas com taxas mais altas

Sabe aquelas letrinhas pequenas no site, asteriscos ou ainda aquele contrato cansativo de ler? São informações essenciais que você deveria conhecer antes de comprar algo ou firmar acordos. Caso não tenha conhecimento ao certo do formato de pagamento e taxas de juros a pagar, busque essas informações. 

Nesse passo, você vai organizar suas dívidas em ordem decrescente da taxa de juros. Pois, quanto maior for a taxa, maior o montante a ser pago em comparação com o valor inicial da dívida. 

Nesse ponto, vale destacar que débitos com o cartão de crédito ou cheque especial do banco estão entre os tipos de dívida com maior taxa de juros. 

Entenda sua capacidade de pagamento

Fazer uma negociação sem entender sua capacidade de pagamento da dívida pode fazer com que não consiga cumprir com a nova forma de pagamento definida. Isso acontece porque, você pode acabar aceitando parcelas que estão acima da sua capacidade de poupar dinheiro mensalmente. 

Então, antes de conversar com o credor, faça uma análise das suas finanças. Entenda quais são seus gastos essenciais e outros gastos que se repetem a cada mês e quanto eles pesam no seu bolso. Caso não sobre nada de dinheiro ou pouco para cumprir com suas demais obrigações, será preciso montar um de economia de dinheiro e aumento de renda a fim de ter seus débitos quitados. 

Converse com o credor

Para conseguir fazer uma negociação de dívidas é necessário conversar diretamente com os seus credores ou ainda verificar em empresas de negociação se existe alguma possibilidade de redução de custo da dívida. 

No primeiro caso, busque falar com seu credor presencialmente e, somente se não conseguir, tente uma conversa por telefone. Para um bom acordo é preciso ter disponível as informações do acordo anterior, ser sincero na conversa e buscar uma nova condição que realmente irá conseguir cumprir. Saiba que o seu credor quer ser pago, assim como você quer ficar com o nome limpo. Então, se prepare, leve a conversa a sério para conseguir melhores condições e não aceite novos acordos que não se adequem à sua realidade. 

Faça uma simulação de empréstimo

Trocar dívidas caras por uma dívida mais barata por meio de um empréstimo pode ser uma boa solução. Por mais que você já tenha dívida com outros acordos de empréstimos, é possível conseguir melhores taxas em outras empresas.

Atualmente, existem diversos marketplaces de empréstimo que te ajudam a encontrar o tipo de crédito ideal, com boas formas de pagamento. Logo, faça uma simulação e entenda se faz sentido para você. A objetivo desse empréstimo com menores taxas será pagar as demais dívidas, ou até uma única dívida com taxas abusivas, reduzindo o valor final dos seus débitos ao mesmo tempo em que se adequa às suas condições financeiras atuais. 

Monte um plano de pagamento

Agora que já conhece suas dívidas, realidade financeira e acordos com condições melhores, é hora de montar um plano de pagamento. Até porque, você quer limpar o nome e conseguir crédito no mercado mais fácil, não é mesmo? 

Uma pessoa com o nome limpo pode conseguir boas opções de cartões de crédito com uma diversidade de benefícios, por exemplo, e fica livre de incômodas cobranças, claro, entre outras.

Organize seu planejamento em um gerenciador financeiro, planilha ou caderninho, e garanta que vai gastar menos que ganha todos os meses para ter uma quantia de dinheiro para destinar para o pagamento dos débitos pendentes e, aos poucos, ir conquistando outros objetivos financeiros maiores. 

A opinião e as informações contidas neste artigo são responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, a visão da SpaceMoney.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content