domingo, 28 de novembro de 2021
Finanças para jovensCOLUNA

Finanças para jovens

Larissa Brioso

Educadora Financeira na Mobills

7 formas de cortar gastos e economizar dinheiro rápido

Economizar dinheiro nos ajuda a alcançar objetivos financeiros mais rapidamente

17 maio 2021 - 16h19
7 formas de cortar gastos e economizar dinheiro rápido

Independentemente de qual seja a atual situação das nossas finanças pessoais, saber como economizar dinheiro é uma das principais formas de otimizarmos o nosso orçamento. Dessa maneira, ainda mais em momentos de crise financeira agravados pelo desemprego ou problemas de saúde, por exemplo, é necessário descobrirmos meios de economizarmos no dia a dia. 

E mesmo que você acredite não ser possível poupar parte da sua renda todos os meses, saiba que uma pequena mudança em seu estilo de vida já faz diferença no seu bolso. Economizar dinheiro nos ajuda a alcançar objetivos financeiros mais rapidamente, por isso listo as dicas:

1. Controle o seu fluxo de caixa

O conceito de fluxo de caixa está bastante presente na área administrativa e financeira de uma empresa. Contudo, podemos utilizá-lo também para as nossas finanças pessoais, por meio da gestão da entrada e saída do nosso dinheiro. O controle desse fluxo é fundamental, pois, conhecer nossos ganhos e gastos é essencial para a saúde da vida financeira, nos ajudando, inclusive, a economizar muito mais. Para fazer o controle do seu dinheiro você pode utilizar a ferramenta que preferir, seja anotando tudo com papel e caneta, usando uma planilha de gastos ou um app de gerenciamento financeiro pessoal.

2. Elimine gastos desnecessários

Ao gerenciar seu fluxo de caixa fica mais fácil entender como está utilizando o dinheiro e assim identificar gastos desnecessários. A ideia é categorizar despesas utilizando ‘etiquetas’ de prioridade para o orçamento. As mais comuns são: essenciais, desejos e investimentos. Mas, para um controle minucioso, ter as despesas de casa, alimentação, educação e lazer, entre outras, separadas faz com que compreenda de fato como está gastando sua renda. Feito isso, ao montar o orçamento, estipulando um teto de gastos para categoria, você conseguirá identificar o que não é necessário e pode ser cortado ou reduzido.

3. Limite o uso do cartão de crédito

O cartão de crédito é um meio de pagamento bastante utilizado por nós brasileiros. Todavia, as compras parceladas e fora do orçamento, além das dívidas no cartão, podem prejudicar sua vida financeira. Consequentemente, o acúmulo de dívidas se torna certo. Sendo assim, ao invés de aliado das suas finanças, o cartão de crédito pode acabar se tornando um grande vilão. Por isso, limitar o uso dessa ferramenta e se comprometer com o seu gerenciamento é primordial para quem quer economizar e manter o controle do dinheiro.

Atualmente, algumas plataformas de gestão das finanças oferecem a possibilidade do gerenciamento de contas e cartões. Assim, você não precisa se preocupar se vai esquecer quanto já utilizou do limite de cada cartão, por exemplo, limitando assim outros desejos de consumo.

4. Não compre por impulso

Você se considera uma pessoa muito consumista? O consumo é cada vez mais estimulado por meio de propagandas de produtos e até mesmo de benefícios ao efetuar compras. A título de exemplo, temos o famoso cashback, ou dinheiro de volta, que pode tornar uma compra comum em uma decisão interessante. O grande problema se encontra nas compras impensadas, aquelas que fogem do seu planejamento financeiro e podem fazer com que termine o mês com saldo negativo. Por isso, é importante fazer um plano de gastos e acompanhá-lo para não fugir do esperado, devido a estímulos externos ou até mesmo aquelas falsas motivações em momentos de estresse e ansiedade que te fazem comprar mais.

5. Use cupons de desconto

Algumas compras são necessárias e inevitáveis. Sabendo disso, uma ótima forma de economizar consiste em buscar e utilizar cupons de desconto que irão tornar sua compra mais barata. Mas, se está se perguntando se isso é possível, saiba que atualmente existem várias plataformas que disponibilizam cupons de desconto em compras pela internet, como a Méliuz. Além disso, nas compras em lojas físicas, você pode ainda se programar para fazer compras à vista, economizando também um bom dinheiro.

6. Faça pesquisas de preço

Assim como utilizar cupons de desconto, fazer pesquisas de preços te ajuda a tomar melhores decisões de consumo. Isso porque o preço de cada produto ou serviço pode variar conforme o estabelecimento ou fornecedor que procuramos. Logo, fazer pesquisa em buscadores de preço é interessante para quem quer economizar. Contudo, saiba que nessas pesquisas não se deve avaliar apenas o preço, mas também o custo-benefício daquilo que deseja. Afinal, de nada adianta comprar algo barato mas que não possui uma boa vida útil, por exemplo.

7. Aprenda a dizer não

Nem tudo que você quer você de fato precisa. Então, se sua meta é economizar mais, aprenda a dizer não. Para isso fazer sentido, conheça suas reais necessidades financeiras. Por meio da gestão e do acompanhamento das finanças vai conseguir identificar o que é ou não importante para você. Antes de fazer qualquer compra se pergunte: Eu quero? Eu posso? Eu consigo? O preço está realmente bom?

Se a resposta para uma dessas perguntas for ‘Não’, então não compre. Aprender a dizer não àquilo que é prejudicial para os seus objetivos com certeza vai fazer uma grande diferença.

A opinião e as informações contidas neste artigo são responsabilidade do autor, não refletindo, necessariamente, a visão da SpaceMoney.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content