Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Cautela para o setor de varejo

XP: farmácias e alimentos são varejo mais resiliente para enfrentar eleições 2022

Olhando especificamente para os períodos eleitorais de 2014 e 2018, o PIB teve um crescimento anual de +0,5% e +1,8%

06 outubro 2021 - 13h28Por Investing.com

Por Investing.com - A dinâmica de curto e médio prazo traz cautela para o setor de varejo, segundo os analistas da XP, que esperam um crescimento do PIB mais baixo em um ambiente de inflação elevada e renda familiar reduzida. Além disso, a tendência de alta nos juros diminui a busca de crédito por parte dos consumidores e, para o ano que vem, as incertezas políticas e econômicas devem continuar, por causa das eleições, que tendem a trazer volatilidade.

O relatório da XP destaca que historicamente quando o crescimento do PIB é fraco ou negativo, os segmentos mais atingidos são o de vestuário e linha branca, enquanto o setor farmacêutico é o mais resiliente, assim como o varejo alimentar.

Olhando especificamente para os períodos eleitorais de 2014 e 2018, o PIB teve um crescimento anual de +0,5% e +1,8%, respectivamente. Nesses períodos, a XP destaca que o varejo apresentou alta de +2,2% e +2,3%, impulsionado especialmente pelas farmácias e varejo alimentar.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: