Menu
Busca sábado, 16 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Radar corporativo

Méliuz (CASH3), Via (VIIA3) e Banco Pan (BPAN4) lideram entre as altas no Ibovespa nesta manhã

Confira as principais notícias corporativas do dia

21 setembro 2021 - 10h55Por Investing.com

 

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - O Ibovespa tenta se recuperar da queda de ontem, subindo 0,64%, aos 109.541 pontos, no início desta manhã, às 10h30.

A alta é puxada pela Méliuz (SA:CASH3), Via (SA:VIIA3) e Banco Pan (SA:BPAN4). Na outra ponta, Raia Drogasil (SA:RADL3), CSN (SA:CSNA3) e Gerdau (SA:GGBR4) lideram entre as baixas.

Cosan (SA:CSAN3) - O conglomerado Cosan fechou contrato com a Mansilla Participações para comprar uma fatia de 47% na gestora de propriedades agrícolas Radar por um valor líquido de R$ 1,479 bilhão.

As ações avançam 0,61%,a R$ 23,16.

BrasilAgro (SA:AGRO3) - A Brasilagro vendeu, por R$ 130,1 milhões, parte da Fazenda Rio do Meio, localizada no município de Correntina (BA), conforme fato relevante divulgado ao mercado.

Segundo o comunicado, o valor do negócio é equivalente a 250 sacas de soja, cerca de 45,5 mil reais, por hectare útil.

Os papéis disparam 2,49%, a R$ 28,44.

Energisa (SA:ENGI4) - A Energisa contratou um financiamento de R$ 166 milhões junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o empreendimento da Energisa Tocantins Transmissora (ETT).

O custo desse financiamento é de IPCA mais 4,90% ao ano, com prazo de 238 meses, sendo 38 de carência e 200 meses de pagamentos mensais de juros e amortização.

As ações sobem 1,96%, a R$ 15,09.

Raizen (SA:RAIZ4) - A Raízen anunciou sua primeira venda de longo prazo para gás natural renovável, ou biometano, com a Yara Brasil Fertilizantes, em um contrato de cinco anos, conforme comunicado divulgado nesta segunda-feira.

O volume envolvido na transação é de 20 mil metros cúbicos por dia, acrescentou a companhia que é controlada pela Cosan.

Os papéis se valorizam 0,84%, a R$ 7,17.

Braskem (SA:BRKM5) - A Novonor informou à Braskem que ainda não tomou uma decisão sobre a forma pela qual vai se desfazer de sua participação de controle na companhia, afirmou a petroquímica em comunicado ao mercado nesta segunda-feira.

As ações ganham 1,10%, a R$ 59,03.

Gol (SA:GOLL4) - A Gol terá malha de aeronaves elétricas do tipo eVTOL, com previsão de início de operações em meados de 2025. A companhia aérea assinou, em conjunto com o Grupo Comporte, do acionista controlador, protocolo de intenções não-vinculante com a Avolon para aquisição e/ou arrendamento de 250 aeronaves.

Os papéis sobem 1,96%, a R$ 19,24.

Petz (SA:PETZ3) - A Petz informou que recebeu a carta de renúncia de Diogo Ugayama Bassi ao cargo de Diretor Financeiro (CFO) e de Relações com Investidores.

O conselho de administração elegeu Aline Ferreira Penna Peli para as funções.

Os ativos disparam 2,63%, a R$ 26,17.

Rumo (SA:RAIL3) - A Rumo Logística assinou um contrato para a construção da primeira ferrovia estadual de Mato Grosso, com investimento estimado entre R$ 9 bilhões e R$ 11 bilhões.

O trecho será construído no regime de autorização. Diferentemente das concessões, o modelo prevê que 100% dos riscos fiquem nas mãos da iniciativa privada.

As ações recuam 0,35%, a R$ 17,25.

CVC (SA:CVCB3) - A CVC anunciou que concluiu a homologação de aumento de capital no valor de R$ 454,2 milhões por meio da emissão de aproximadamente 23,8 milhões de novas ações ordinárias.

No decorrer da capitalização, a agência de classificação de risco Standard and Poor’s Ratings Services (S&P) elevou, em 19 de agosto, o rating corporativo da Companhia de brB para brBB na Escala Nacional Brasil, com perspectiva estável.

Os papéis disparam 2,18%, a R$ 21,05.

TC (SA:TRAD3) - O TC (Traders Club) aprovou o programa de recompra de ações, que deve chegar a 1 milhão de ações ordinárias. O prazo para a realização de compra é de 12 meses, a partir de 21 de setembro. Essas ações serão mantidas na tesouraria.

Os ativos avançam 0,82%, a R$ 6,12.

Petrobras (SA:PETR4) - O novo plano estratégico da Petrobras, que vai englobar o período entre 2022 e 2026, trará iniciativas de descarbonização, como um programa de reflorestamento de áreas degradadas.

As ações sobem 0,85%, a R$ 24,86.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: