Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Prévia

Internacional: fique por dentro das principais notícias dos mercados desta terça-feira (5)

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros hoje

05 outubro 2021 - 09h22Por Investing.com

Por Geoffrey Smith e Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, garante compromisso com a meta da inflação em 2022.

As ações globais se recuperaram da liquidação de segunda-feira e Wall Street deve recuperar até um terço de suas perdas na abertura.

Os preços do petróleo atingiram novas máximas em sete anos e os preços do gás na Europa continuam parabólicos.

Outro desenvolvedor imobiliário chinês está inadimplente e muito mais está a caminho.

O Facebook (NASDAQ:FB) (SA:FBOK34) está online novamente, então não deve haver problemas para compartilhar a cobertura do depoimento da denunciante Frances Haugen no Senado mais tarde. 

Aqui está o que você precisa saber sobre os mercados financeiros na terça-feira, 5 de outubro:

1. Meta da inflação

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse em live do Valor Econômico que a autoridade monetária irá subir a taxa de juros do país o quanto for necessário para cumprir a meta da inflação em 2022.

Para o próximo ano, a meta é de 3,5% e para 2023, de 3,25%.

No evento, Campos Neto disse que o ápice da inflação deve acontecer em setembro e que, depois desse mês, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) deve desacelerar.

De acordo com o Boletim Focus divulgado ontem (4), o mercado elevou a sua projeção de inflação para 2022 de 4,12% para 4,14%.

Neste ano, as projeções são de que o IPCA chegue a 8,51%. Na sexta-feira (8), os dados de setembro serão divulgados e os investidores esperam que o índice supere a alta de 10% em doze meses.

2. Mercados se recuperam da queda provocada pela tecnologia

Os mercados globais se recuperaram da liquidação liderada pela tecnologia de segunda-feira (4), com os índices de ações europeus novamente em lucro com os valores mais baratos e ações cíclicas.

O dólar também caiu e os rendimentos do Tesouro de dez anos subiram para pouco menos de 1,50%, com a indicação de que não há sensação de aversão generalizada ao risco.

As ações dos EUA devem se recuperar entre um quarto e um terço de suas perdas de segunda-feira na abertura. Às 8:40, os futuros do Nasdaq 100 subia 0,38%, enquanto os da S&P 500 e os da Dow Jones avançavam 0,45% e 0,48%, respectivamente. 

Facebook, Nvidia (NASDAQ: NVDA)  (SA:NVDC34) e Moderna (NASDAQ:MRNA  (SA:M1RN34)) - todos perdedores na segunda-feira - tiveram alta de cerca de 1,5%.

As ações que provavelmente estarão em foco mais tarde incluem Pepsico, que acabou de aumentar sua orientação para o ano inteiro, e Tesla (NASDAQ:TSLA) (SA:TSLA34), que foi condenada a pagar US$ 130 milhões por um júri federal por sua segunda sentença de assédio baseado em raça no espaço de quatro meses. Um terceiro caso está pendente em um tribunal estadual da Califórnia.

3. O petróleo atinge o novo recorde em sete anos

Os preços do petróleo bruto registraram altas anos após a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus principais aliados, especialmente a Rússia, rejeitaram os apelos dos principais consumidores para produzir mais.

A OPEP + manteve seu cronograma pré-acordado de apenas aumentar a produção em etapas mensais de 400 mil barris por dia, e apontou para as previsões de que a demanda global diminuirá novamente no próximo ano.

A destruição da demanda parece ainda mais provável com os preços internacionais agora firmemente acima de US$ 80. Os futuros de Brent subiram 1,17%, às 8:46.

A ação da OPEP + adiciona um pouco mais de tempero aos dados de estoques de petróleo dos EUA, que devem ser entregues às 17:30.

4. O Facebook culpa o problema da rede pela interrupção e nega o hack

As várias mídias sociais e serviços de mensagens do Facebook voltaram às operações normais após a pior paralisação da empresa na segunda-feira, o que contribuiu para uma queda no preço das ações de 4,90% que tirou US$ 7 bilhões da fortuna de papel do fundador Mark Zuckerberg.

A ação está agora 15% abaixo de seu pico e enfrenta novos desafios na terça-feira, com a denunciante Frances Haugen que se prepara para testemunhar sobre as deficiências de governança da empresa no Senado.

O Facebook atribuiu a interrupção a um problema de configuração de rede e rejeitou sugestões - que circularam amplamente online na segunda-feira - de que os dados do usuário foram comprometidos.

De acordo com o Politico, a empresa enfrenta litígios de acionistas sobre a forma como acertou ações anteriores de reguladores federais sobre permitir que os dados sejam usados sem o consentimento de seus proprietários. 

5. Padrões de outro desenvolvedor chinês

O risco sistêmico apareceu novamente na China, após a incorporadora imobiliária Fantasia (HK:1777) perder o pagamento de um título de US$ 206 milhões - o que demonstrou que os problemas de dívida excessiva no setor estão longe de ser exclusivos da China Evergrande Group (HK:3333).

Fantasia, uma empresa muito menor do que a Evergrande, tem esse título mantido por um único credor. No entanto, as ações de várias outras incorporadoras imobiliárias caíram em Hong Kong devido ao temor de problemas mais amplos.

Em outro lugar, a Fitch Ratings rebaixou a dívida sênior de longo prazo da desenvolvedora Sinic para a CCC, um nível que implica inadimplência iminente.

As ações da Evergrande permaneceram suspensas pelo segundo dia em Hong Kong, junto com as da Hopson Development (HK:0754), que na segunda-feira divulgou que se prepara para comprar 51% do negócio de serviços imobiliários de Evergrande. No entanto, isso ainda não foi confirmado.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: