Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Acordo

Idesa, subsidiária da Braskem (BRKM5), e Pemex acertam pendências e farão novo terminal de etano

Aditivo contratual altera o compromisso de fornecimento para o volume mínimo de 30 mil barris por dia

28 setembro 2021 - 09h06Por Reuters

Por Aluísio Alves, da Reuters - A petroquímica brasileira Braskem (BRKM5) informou nesta terça-feira (28) que sua subsidiária Idesa assinou aditivo contratual com a mexicana Pemex para quitação de pendências contratuais.

O aditivo também prevê apoio para projeto de construção de terminal de importação de etano no México e altera o compromisso de fornecimento para o volume mínimo de 30 mil barris por dia.

"O projeto do terminal visa a complementar o abastecimento de etano no México e viabilizar a operação da Braskem Idesa a plena capacidade, com acesso a novas fontes de matérias-primas", afirmou a Braskem no documento.

O volume acertado valerá até a entrada em operação de terminal de importação de etano, prevista para o segundo semestre de 2024 ou a data limite de fevereiro de 2025 (passível de extensões se houver atrasos com licenças), o que ocorrer primeiro, explicou a Braskem em fato relevante.

O aditivo define um direito de preferência para a Braskem Idesa comprar todo o etano que a Pemex tiver disponível e não consuma no seu próprio processo produtivo até 2045, a preços conforme referências internacionais.

 

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: