Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Radar Corporativo

Ibovespa sobe nesta manhã; PetroRio (PRIO3), Vale (VALE3) e Usiminas (USIM5) lideram altas

Confira as principais notícias corporativas do dia

11 outubro 2021 - 11h05Por Redação Spacemoney

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Nesta manhã mais tranquila que antecede o feriado de Nossa Senhora Aparecida, o Ibovespa avançava 0,19%, a 113.042 pontos às 10h30. Petrorio (SA:PRIO3), Vale (SA:VALE3) e Usiminas (SA:USIM5) lideravam as altas, enquanto Banco Inter (SA:BIDI11), Grupo Soma (SA:SOMA3) e Petz (SA:PETZ3) se destacam entre as quedas.

Confira as principais notícias corporativas do dia.

Embraer (SA:EMBR3) - A Embraer fechou um novo contrato com a NetJets para a venda de até 100 aeronaves adicionais, totalizando mais de US$ 1,2 bilhão. O acordo prevê que a NetJets começará a receber o modelo Phenom 300E da nova encomenda no segundo trimestre de 2023, para operação nos Estados Unidos e Europa.

Os ativos se valorizam 1,05%, a R$ 25,01.

BRF (SA:BRFS3) e Marfrig (SA:MRFG3) - O Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa do Consumidor (Ibedec) entrou com recurso para tentar reverter a decisão do Cade que autorizou a compra de 31,66% das ações da BRF pela Marfrig.

A entidade diz que a transação esbarra no risco de fechamento do mercado de hambúrgueres, o que em sua avaliação deve prejudicar concorrentes e consumidores.

As ações da BRF sobem 0,08%, a R$ 26,35, enquanto as da Marfrig avançam 0,42%, a R$ 26,26.

Bradesco (SA:BBDC4) - O Bradesco fechou contrato de compra de participação restante de 49,99% no Banco Digio por R$ 625 milhões, passando a deter, indiretamente, 100% do capital social da empresa. A operação foi realizada entre a Bradescard Elo e a BB (SA:BBAS3) Elo.

Os ativos caem 0,29%, a R$ 20,79.

Petrobras (SA:PETR4) - A Petrobras assinou na sexta-feira, 08, um acordo de R$ 1,4 bilhão no âmbito das três ações civis públicas que apuram danos ambientais decorrentes do vazamento do Oleoduto Santa Catarina - Paraná (Ospar), ocorrido em 16 de julho de 2000, no município de Araucária, no estado do Paraná.

As ações sobem 1,61%, a R$ 30,27.

CCR (SA:CCRO3) - A CCR informou que, entre 1º e 7 de outubro deste ano, o tráfego total nas rodovias cresceu 10,3% na comparação com o mesmo intervalo de 2020. Sem as concessionárias ViaSul e ViaCosteira, houve aumento de 2,2%. Já no acumulado do ano, até 7 de outubro, a movimentação registrou alta de 15,7% (consolidado) e de 10% (sem ViaSul e Via Costeira).

Os papéis caem 0,16%, a R$ 12,30.

Vibra - A distribuidora brasileira de combustíveis Vibra, antes conhecida como BR Distribuidora (SA:BRDT3), fechou negócio de RS$ 3,25 bilhões para adquirir 50% do capital da comercializadora de energia Comerc.

As ações sobem 1,70%, a R$ 25,13.

Usiminas - A Fundação São Francisco Xavier (FSFX), braço da Usiminas nos setores de saúde e educação, vai investir R$ 280 milhões em um hospital próprio em Belo Horizonte (MG), segundo o Valor Econômico.

Os ativos avançam 3,14%, a R$ 17,07.

Gol (SA:GOLL4) - A companhia aérea Gol prevê um prejuízo de RS$ 2,58 por ação no terceiro trimestre, com uma receita líquida de R$ 1,8 bilhão de julho a agosto, alta de 50% sobre um ano antes, e margem Ebitda de 22% a 24%.

Os papéis recuam 1,10%, a R$ 19,86.

Por Ana Beatriz Bartolo

Investing.com - Nesta manhã mais tranquila que antecede o feriado de Nossa Senhora Aparecida, o Ibovespa avança 0,19%, a 113.042 pontos às 10h30. Petrorio (SA:PRIO3), Vale (SA:VALE3) e Usiminas (SA:USIM5) lideram as altas, enquanto Banco Inter (SA:BIDI11), Grupo Soma (SA:SOMA3) e Petz (SA:PETZ3) se destacam entre as quedas.

Confira as principais notícias corporativas do dia.

Embraer (SA:EMBR3) - A Embraer fechou um novo contrato com a NetJets para a venda de até 100 aeronaves adicionais, totalizando mais de US$ 1,2 bilhão. O acordo prevê que a NetJets começará a receber o modelo Phenom 300E da nova encomenda no segundo trimestre de 2023, para operação nos Estados Unidos e Europa. Os ativos se valorizam 1,05%, a R$ 25,01.

BRF (SA:BRFS3) e Marfrig (SA:MRFG3) - O Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa do Consumidor (Ibedec) entrou com recurso para tentar reverter a decisão do Cade que autorizou a compra de 31,66% das ações da BRF pela Marfrig. A entidade diz que a transação esbarra no risco de fechamento do mercado de hambúrgueres, o que em sua avaliação deve prejudicar concorrentes e consumidores. As ações da BRF sobem 0,08%, a R$ 26,35, enquanto as da Marfrig avançam 0,42%, a R$ 26,26.

Bradesco (SA:BBDC4) - O Bradesco fechou contrato de compra de participação restante de 49,99% no Banco Digio por R$ 625 milhões, passando a deter, indiretamente, 100% do capital social da empresa. A operação foi realizada entre a Bradescard Elo e a BB (SA:BBAS3) Elo. Os ativos caem 0,29%, a R$ 20,79.

Petrobras (SA:PETR4) - A Petrobras assinou na sexta-feira, 08, um acordo de R$ 1,4 bilhão no âmbito das três ações civis públicas que apuram danos ambientais decorrentes do vazamento do Oleoduto Santa Catarina - Paraná (Ospar), ocorrido em 16 de julho de 2000, no município de Araucária, no estado do Paraná. As ações sobem 1,61%, a R$ 30,27.

CCR (SA:CCRO3) - A CCR informou que, entre 1º e 7 de outubro deste ano, o tráfego total nas rodovias cresceu 10,3% na comparação com o mesmo intervalo de 2020. Sem as concessionárias ViaSul e ViaCosteira, houve aumento de 2,2%. Já no acumulado do ano, até 7 de outubro, a movimentação registrou alta de 15,7% (consolidado) e de 10% (sem ViaSul e Via Costeira). Os papéis caem 0,16%, a R$ 12,30.

Vibra - A distribuidora brasileira de combustíveis Vibra, antes conhecida como BR Distribuidora (SA:BRDT3), fechou negócio de RS$ 3,25 bilhões para adquirir 50% do capital da comercializadora de energia Comerc. As ações sobem 1,70%, a R$ 25,13.

Usiminas - A Fundação São Francisco Xavier (FSFX), braço da Usiminas nos setores de saúde e educação, vai investir R$ 280 milhões em um hospital próprio em Belo Horizonte (MG), segundo o Valor Econômico. Os ativos avançam 3,14%, a R$ 17,07.

Gol (SA:GOLL4) - A companhia aérea Gol prevê um prejuízo de RS$ 2,58 por ação no terceiro trimestre, com uma receita líquida de R$ 1,8 bilhão de julho a agosto, alta de 50% sobre um ano antes, e margem Ebitda de 22% a 24%. Os papéis recuam 1,10%, a R$ 19,86.

CVC (SA:CVCB3) - A CVC restaurou parcialmente seus sistemas de tecnologia da informação após ter sofrido um ataque cibernético no dia 2. Segundo o comunicado, foram parcialmente restaurados os sistemas de contabilidade, contas a pagar e o ERP.

As ações caem 1,43%, a R$ 20,01.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: