sábado, 27 de novembro de 2021
Radar corporativo

CSN (CSNA3), Usiminas (USIM5) e Bradespar (BRAP4) puxam quedas; SulAmérica (SULA11) lidera altas

Confira as principais notícias corporativas do dia

31 agosto 2021 - 11h16Por Redação SpaceMoney

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Nesta manhã, por volta das 10h40, o Ibovespa recua 0,2% puxado por CSN (SA:CSNA3), Usiminas (SA:USIM5) e Bradespar (SA:BRAP4).

Por outro lado, SulAmérica (SA:SULA11), Ultrapar (SA:UGPA3) e Braskem (SA:BRKM5) lideram entre as altas.

Confira as principais notícias corporativas do dia:

Engie (SA:EGIE3) - A elétrica Engie Brasil assinou o contrato para a venda do complexo termelétrico Jorge Lacerda à Diamante Holding, controlada da Fram Capital, por até R$ 325 milhões.

Segundo a Engie, R$ 210 milhões serão pagos no fechamento da operação e até R$ 115 milhões estão sujeitos ao cumprimento de determinadas condições previstas contratualmente. As ações avançam 0,53%, a R$ 38,14.

Lojas Renner (SA:LREN3) - A Lojas Renner afirmou que não há até o momento evidência de vazamento de informações ou dados pessoais, em nenhum dos seus negócios, após ataque cibernético sofrido pela companhia no último dia 19. Os papéis valorizam 1,18%, a R$ 38,43.

SulAmérica (SA:SULA11) - A SulAmérica apresentou uma proposta vinculante para a compra de até 100% do Grupo HB Saúde por R$ 485 milhões.

A transação precisa ser aprovada pelos acionistas da HB Saúde, além da venda de pelo menos 50% mais uma ação do capital votante. Os ativos se valorizam 3,27%, a R$ 30,59.

BR Properties (SA:BRPR3) - A BR Properties vendeu 55% do imóvel bloco B do Complexo JK, em São Paulo (SP), para a JFL.

O imóvel tem área bruta locável (ABL) de, aproximadamente, 16.847 m2, e será comercializada pelo preço total de R$ 555,935 milhões, equivalente a R$ 33 mil por m2. A R$ 8,24, as ações sobem 1,10%.

Braskem (SA:BRKM5) - A Unipar (SA:UNIP3) Carbocloro manifestou à Novonor, antiga Odebrecht, interesse pelos ativos da Braskem no Polo Petroquímico do ABC, em São Paulo, e apresentou proposta não vinculante, segundo o Valor.

Os papéis da Braskem sobem 2,16%, a R$ 63,84, já os da Unipar recuam 0,53%, a R$ 97,97.

Banco Pan (SA:BPAN4) - Depois de lançar sua plataforma de saúde para as classes C,D e E, o Banco Pan estuda um caminho para colocar em pé uma iniciativa semelhante de educação, segundo apurou a Coluna do Broadcast. As ações sobem 0,41%, a R$ 19,40.

Rede D'Or (SA:RDOR3) e Alliar (SA:AALR3) - A Rede D'Or São Luiz desistiu de lançar uma oferta pública (OPA) para a aquisição da empresa de diagnósticos médicos Alliar.

No documento enviado à CVM, a rede de hospitais cita eventos que resultaram na impossibilidade lógica de uma oferta, particularmente o acordo de acionistas celebrado por acionistas representativos de 50,46% do capital Alliar.

Os ativos da Alliar caem 3,93%, a R$ 14,65, enquanto os da Rede D'Or ainda não iniciaram a negociação.

Unidas (SA:LCAM3) - O conselho de administração da Unidas aprovou a compra da Nexcorp Serviços e Telecomunicações por R$ 120 milhões.

A operação, que envolve a subsidiária Agile como compradora, contempla o pagamento de 71,1 milhões de reais em espécie e 1.965.742 ações de emissão da Unidas de titularidade da Agile.

As ações recuam 0,39%, a R$ 25,38.

Stone (NASDAQ:STNE) - A adquirente de cartões Stone registrou lucro líquido de R$ 526 milhões no segundo trimestre, resultado 325,6% superior ao obtido no mesmo período do ano passado.

Em relação ao ganho obtido no primeiro trimestre deste ano, o lucro obtido de abril a junho de 2021 é 232,3% maior.

Comgás (SA:CGAS5) - A Comgás aprovou a realização da 9ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em duas séries, com oferta restrita, no valor de R$ 1 bilhão. O vencimento da primeira série será 15 de agosto de 2031 e da segunda série dia 15 de agosto de 2036. 

Anima (SA:ANIM3) - A Ânima pretende comprar o Ceub, tradicional centro universitário de Brasília, numa transação avaliada em cerca de R$ 800 milhões. O montante inclui o passivo fiscal, segundo o Valor apurou. As ações avançam 2,41%, a R$ 10,19.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content