Menu
Busca domingo, 17 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
SpaceDica

Planejamento financeiro no Brasil: um mercado promissor

13 novembro 2020 - 17h45Por Carolina Unzelte

Se engana quem pensa que planejamento financeiro é apenas guardar dinheiro. O acompanhamento integral da vida financeira pode ter vários objetivos, e todos eles podem ser alcançados com a ajuda de planejadores financeiros. Esses profissionais, ainda desconhecidos por grande parte dos brasileiros, movimentam um mercado de mais de U$ 50 bilhões nos Estados Unidos, segundo dados da IbisWorld.

Com cada vez mais brasileiros interessados em investimentos (vide o aumento de CPFs na B3, que atingiu 3 milhões em outubro), a tendência é que o número de CFPs (Certified Financial Planners, na sigla em inglês) cresça também em terras tupiniquins. Além disso, com a perspectiva de sofisticação dos produtos financeiros no país, esse profissional pode ser guia fundamental em escolhas complexas. É desse ecossistema crescente que a SpaceMoney faz parte.

O processo de planejamento financeiro parte do relacionamento com o cliente, onde é possível coletar informações importantes para análise holística de sua vida financeira. Com objetivos como independência financeira ou metas como uma viagem, compra de casa ou outro, o planejador não apenas recomenda estratégias, mas acompanha eventuais implementações.

Desta forma, pode também ajustar planos personalizados, conforme mantém uma relação duradoura com seus clientes. Isso permite revisar não apenas as metas e ações, mas o perfil de risco do atendido e atualizar projeções levando em conta mudanças do cenário macroeconômico.

A certificação CFP

Apesar de não haver exigência por parte da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), os planejadores financeiros brasileiros importam a certificação CFP dos Estados Unidos. Ela é gerida pela Financial Planner Board of Standards. No Brasil, é aplicada pela Associação dos Planejadores Financeiros (Planejar).

Profissionais com ensino superior devem se submeter ao exame da certificação, além de comprovar a experiência no atendimento a clientes pessoa física por 3 anos ou de 1 ano com experiência supervisionada. Além disso, deve aderir a um código de conduta e ética do candidato.

Com 140 perguntas de múltipla escolha, a prova pode ser realizada em apenas um dia ou em módulos, com o prazo máximo de 24 meses de realização. Para fazê-la, os candidatos devem desembolsar R$ 1.300 para o exame feito em apenas dia, ou R$ 350 por módulo.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: