Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Unidas ações

Unidas tem forte alta após maior lucro da história no 3T20 e puxa ações do setor

27 outubro 2020 - 11h49Por Investing.com

Por Ana Julia Mezzadri, da Investing.com - Depois de a empresa reportar o maior lucro da sua história no terceiro trimestre, de R$ 124,2 milhões, 44% maior do que no mesmo período do ano passado, as ações da Unidas (SA:LCAM3) operavam em forte alta na manhã desta terça-feira, indo na contramão da leve baixa do Ibovespa hoje. O resultado foi sustentado pela expansão de receita em todos os segmentos de atuação da empresa.

Por volta das 11h50, os papéis disparavam 4,17%, a R$ 26,97. O Ibovespa tinha queda de 0,47% a 100.546 pontos.

O forte resultado de Unidas puxavam as ações de outras empresas do setor na B3. Os papéis da Localiza, que recentemente fez acordo de fusão com a Unidas, lideravam os ganhos do Ibovespa com alta de 4,02% a R$ 65,42. Enquanto as ações da Movida (SA:MOVI3) registravam ganhos de 2,14% a R$ 20,06.

O Ebitda recorrente consolidado da empresa no trimestre foi de R$ 368,8 milhões, crescimento de 12,6% na comparação anual, também recorde para o indicador. A alta veio pelas fortes expansões dos Ebitdas de Seminovos e de Terceirização de Frotas, além da recuperação apresentada em Aluguel de Carros em relação ao trimestre imediatamente anterior. A margem Ebitda subiu para 63,6%, contra 59,8% um ano antes.

Já a receita da empresa no trimestre foi de R$ 1,756 bilhão, crescimento de 39,6% em 12 meses. No segmento de locação, a receita saltou 6%, para R$ 580 milhões. Já na receita líquida de seminovos, grande destaque, a alta foi de 65,5%, para R$ 1,176 bilhão.

Setores

A empresa registrou uma forte retomada no segmento de Terceirização de Frotas, que apresentou recordes de contratação. No total, foram 8.996 contratações no trimestre, crescimento de 130% na comparação anual. A empresa disse que no quarto trimestre, o cenário favorável deve continuar, "dado o novo recorde de carros em disputa pela Companhia".

Já no segmento de Aluguel de Carros, a empresa registrou crescimento de 14,3% no número de diárias, para 4.089. A tarifa média diária no trimestre caiu 10,6%, para R$ 61,9. "Ao final do trimestre, todas as tarifas por canais já estavam maiores ou iguais ao pré-covid", disse a empresa, explicando que a redução anual da tarifa média no terceiro trimestre reflete a mudança do mix de locação, com maior exposição à locações mensais. "Com a contínua retomada de locações diárias verificada pela Companhia, sobretudo de pessoas físicas, a tarifa média deverá voltar naturalmente aos patamares pré-covid".

A empresa registrou ainda a maior taxa de ocupação desde o primeiro trimestre de 2019, de 79,7%, crescimento de 4 pontos porcentuais na comparação anual.

Com colaboração do Estado de S. Paulo

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: