Menu
Busca sábado, 23 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
planos

Celular, streaming, internet: tá na hora de trocar de plano?

15 julho 2020 - 18h32Por Ian Alves

Este texto é para você, que acha que gasta muito com o plano de internet de sua casa, mas que, por algum motivo, acaba não o trocando.

Ou para você, que paga por ligações ilimitadas e SMS infinitos — mas nunca manda SMS e quase não faz ligações.

E é também para quem nem sabe direito o que tem nos planos que contratou. 

Chegou a hora de mudar isso, né? 

Para lhe dar um empurrãozinho nessa missão, a SpaceMoney separou aqui os links dos planos das principais provedoras de internet, telefonia, televisão e dos streamings de vídeo e música. 

Também conversamos com Thabata Abreu, economista especialista em planejamento financeiro e investimentos, e listamos algumas dicas do que fazer na hora dessas trocas.

Confira:

1 - Veja o conjunto dos gastos

Antes de tudo, relembre todos os serviços que estão contratados por você no momento. Quanto custa cada um deles? E em um mês, qual é o valor que você gasta no total?

Thabata explica que, no planejamento financeiro, esses serviços são classificados como gastos com estilo de vida, que devem representar no máximo 30% da receita mensal. "Se o valor gasto com estilo de vida passar desse percentual, isso é um sinal de alerta para revisar quais gastos valem a pena ser mantidos", completa. 

Ainda que individualmente o valor mensal de uma conta do Netflix, por exemplo, não seja grande coisa, esses gastos se tornam expressivos quando vistos em conjunto e por um período de tempo maior, como um ano. 

2 - Avalie cada atributo oferecido

Avalie se os itens oferecidos serão úteis para você. Os planos de celular são bons para ilustrar essa dica: com o aumento do uso de redes sociais, o ponto mais importante de um plano de telefonia se tornou, para a maior parte dos consumidores, a franquia de internet. Pagar mais caro por ligações e mensagens de texto ilimitadas, então, talvez não faça sentido para sua realidade.

3 - Considere os combos 

Existem pacotes que unem planos de internet, televisão, celular, telefone fixo, entre outras coisas. É uma boa alternativa para algumas pessoas — mas não para todas. 

Analise com calma o que está sendo oferecido e calcule se o preço final do combo vale mais a pena do que ter planos separados para cada serviço. 

Há também os planos "família", que oferecem preços melhores em pacotes para várias pessoas. 

4 - Renegocie uma vez por ano

Por fim, Thabata recomenda que cada pessoa defina uma data no ano para renegociar todos os pacotes contratados — desde internet até planos de saúde e seguros.

E não apenas para repensar suas necessidades, mas também para que reajustes nos preços não passem despercebidos. "As operadoras costumam enviar, uma vez por ano, um e-mail falando sobre o reajuste no valor do pacote. Os seguros, por exemplo, às vezes ficam 50% mais caros em apenas 2 anos", comenta a economista.

5 - MelhorPlano

Uma ótima ferramenta para comparar preços e atributos de planos distintos é o site melhorplano.net. A plataforma reúne os planos das principais marcas de celular, internet banda larga, tv por assinatura, telefone fixo e até cartões de crédito. 

O MelhorPlano também faz uma análise de cada uma das operadoras, trazendo seus melhores planos, mais baratos, com mais internet, etc; além de justificar prós contras de cada uma das opções.


Planos de Celular

Claro
Oi
TIM
Vivo


Planos de internet

Claro
Oi
TIM
Vivo


TV por assinatura

Claro
Oi
Sky
Vivo


Streaming de vídeos

Netflix
HBO Go
Prime Video
TeleCine Play
Valor fixo


Streaming de música

Apple Music
Deezer
Google Play Music
Spotify
* Valor fixo

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: