Menu
Busca quarta, 22 de setembro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
governador do Rio

Residência do governador do Rio é alvo de operação da Polícia Federal

26 maio 2020 - 09h15Por Investing.com
Investing.com -  Apuração de suspeita de desvios dos recursos públicos destinados ao combate à pandemia de Covid-19 leva a Polícia Federal a cumprir mandados de buscas e apreensão no Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador do Rio de Janeiro. Sob a Operação Placebo, a Polícia Federal realiza 10 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro e 2 em São Paulo expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Além do Palácio dos Laranjeiras, os agentes da Polícia Federal estão na casa onde o governador Wilson Witzel morava antes de ser eleito, como também no endereço onde fica o escritório da primeira-dama Helena Witzel e na casa do ex-subsecretário de saúde, Gabriel Neves.

Investigação

A Operação Placebo é fruto da investigação que envolve Polícia Civil, Ministério Público Estadual e o Ministério Público Federal, que investiga suspeita de corrupção envolvendo uma organização social contratada para instalação de hospitais de campanha e servidores de cúpula da gestão do sistema público de saúde do Rio de Janeiro. O ex-subsecretário está preso desde 7 de maio. Ele é acusado de integrar ma organização criminosa que visava obter vantagens em contratos emergencias para aquisição de respiradores pulmonares utilizados no tratamento de pacientes da Covid-19. Neves não ocupa o cargo de subsecretário de saúde desde 20 de abril, semanas antes de ser preso.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: