Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
varejo brasileiro

Recuperação do varejo brasileiro perdeu força em outubro, aponta Cielo

17 novembro 2020 - 10h45Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - As vendas no varejo brasileiro caíram 7,7% em outubro em comparação com o mesmo mês do ano passado, ainda afetadas pela pandemia do novo coronavírus, aponta o Índice Cielo do Varejo Ampliado, o ICVA. Apesar de melhor que a queda de 7,9% registrada em setembro, o índice perdeu parte do ímpeto de forte recuperação dos últimos cinco meses - em agosto, o índice registrava queda de 15%, enquanto em julho era de 20%.

Em termos nominais, que espelham a receita de vendas observadas pelo varejista, a queda foi de 1,6%. O destaque positivo foi a aceleração de setores como alimentação, com bares e restaurantes, e veterinárias e pet shops. De outro lado, os setores de materiais de construção e automotivo apresentaram desaceleração.

“O ritmo de recuperação do varejo diminuiu em outubro, apesar dos segmentos mais afetados no começo da pandemia, como Bares e Restaurantes, e Turismo e Transporte, continuarem mostrando redução nas quedas”, registrou o superintendente-executivo de Inteligência da Cielo (SA:CIEL3), Gabriel Mariotto, em comunicado divulgado nesta segunda-feira.

“Os setores que mais contribuíram para o abrandamento da recuperação foram os que até setembro cresciam bem acima da média, como Supermercados e Hipermercados e Materiais para Construção”, complementa.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: