Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Balanços 1T21

Analistas apontam resultados da Usiminas no 1T21 como fortes; confira recomendações

A empresa do setor siderúrgico reportou Ebitda recorrente de R$ 2,4 bilhões, alta de 64% na comparação trimestral

23 abril 2021 - 15h48Por Redação SpaceMoney

Analistas de diversas casas de análises descreveram os resultados da Usiminas (USIM5), divulgados nesta sexta-feira (23), antes da abertura do mercado, como fortes e positivos.

A empresa do setor siderúrgico reportou Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês) recorrente de R$ 2,4 bilhões, alta de 64% na comparação trimestral e 375% na comparação anual. A companhia também registrou lucro de R$ 1,205 bilhão no primeiro trimestre de 2021, revertendo o prejuízo de R$ 424 milhões registrado no primeiro trimestre de 2020.

Confira o que dizem os analistas em relatórios divulgados hoje:

XP Investimentos

Segundo a corretora, o resultado da Usiminas foi forte. Para a XP, como o mercado interno é o principal negócio da Usiminas, o dólar alto e melhores preços internacionais abrem espaço para novos aumentos de preços.

“No futuro, devemos ver melhorias adicionais nos resultados da empresa em 2021, devido à recuperação do setor automotivo”, disseram no documento.

A XP tem recomendação neutra para os papéis da Usiminas, com preço-alvo de R$ 16,5.

BTG Pactual

Para os analistas do BTG, a Usiminas reportou um balanço “sólido” e “saudável”. O banco destaca que os preços mais altos do minério de ferro foram o principal fator para a melhoria dos resultados, levando ao recordes no Ebitda do segmento de mineração.

O BTG disse que espera que a Usiminas continue apresentando bons resultados em suas principais divisões de aço e minério de ferro, principalmente por causa de “ventos favoráveis nos preços”.

O BTG tem recomendação de compra para as ações da Usiminas, com preço-alvo de R$ R$22

Ativa Investimentos

Para a Ativa, os resultados da Usiminas foram acima do esperado. A corretora destaca que a empresa deve ter uma demanda ainda aquecida  para o fornecimento de aço para o setor automotivo no mercado interno. Isso porque, segundo a Ativa, os estoques da cadeia produtiva devem se normalizar no fim do primeiro semestre de 2021.

O documento diz ainda que o setor de siderurgia foi o “protagonista no resultado da companhia”, em que o segmento de aço apresentou um crescimento de 10,6% na comparação trimestral, puxado, principalmente, pelo setor automotivo doméstico.

A Ativa tem recomendação neutra para os papéis da Usiminas, com preço-alvo de R$ 18,98.

Banco Inter

Para o Banco Inter, os bons resultados da Usiminas são reflexo de um “bom momento” das commodities, em especial do minério de ferro, e também da recuperação econômica mostrada por meio da siderurgia.

Um dos destaques do documento do Inter é a aprovação, pelo Conselho de Administração da Usiminas, de regras que atrelam 20% do bônus da diretoria aos temas ESG (ambiente, sociedade e governança) e a elevação do rating ESG da companhia de “B” para “BB” pela MSCI ESG Ratings.

O Banco Inter tem recomendação neutra para as ações da Usiminas, com preço-alvo de R$ 21.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: