terça, 30 de novembro de 2021
petrobras

Petrobras sobe mais de 6%, sob impacto da alta do petróleo

05 agosto 2020 - 16h47Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - No final da tarde desta quarta-feira na bolsa paulista, as ações da Petrobras (SA:PETR4) operavam com forte valorização, puxando o avanço do Ibovespa. Os investidores reagem de forma positiva ao noticiário de indicadores positivos e a fraqueza do dólar que puxam a valorização do petróleo.

Além disso, a companhia também reportou que a 1ª Vara Empresarial e de Conflitos relacionados à Arbitragem de São Paulo extinguiu uma ação de especificação de hipoteca judiciária ajuizada pela Previ.

Com isso, por volta das 16h40, os ativos da Petrobras somavam 6,61% a R$ 23,22. O contrato futuro do WTI para setembro tinha na sessão alta de 3,67%, a US$ 43,23 o barril, já os preços do Brent para outubro registram avanço de 3,31%, a US$ 45,89 o barril.

Na véspera, a estatal informou que a 1ª Vara Empresarial e de Conflitos relacionados à Arbitragem de São Paulo extinguiu uma ação de especificação de hipoteca judiciária ajuizada pela Previ, fundo de pensão de funcionários do Banco do Brasil (SA:BBAS3).

Previ

Segundo a petroleira, a Previ pedia a constituição de hipoteca judiciária de dois imóveis da Petrobras em Santos (SP) para garantia de sentença proferida em arbitragem em curso na Câmara de Arbitragem do Mercado.

“Diante da impropriedade da ação, a 1ª Vara Empresarial proferiu sentença indeferindo o pedido da Previ e determinando a extinção do processo judicial, antes mesmo da citação da Petrobras”, disse a empresa em comunicado.

“No processo judicial, a Previ alegou que entende fazer jus a 2.993.921.914,75 reais e que a Petros (que é parte na arbitragem, mas não na ação judicial) faria jus a 560.410.813,83 reais”, acrescentou a Petrobras, que disse não reconhecer os valores e que eles não foram endossados na arbitragem.

A estatal ingressou em 21 de julho com um processo solicitando a anulação da sentença proferida pela câmara de arbitragem ligada à B3.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content