quinta, 02 de dezembro de 2021
Ouro

Ouro perde pouco na segunda rodada dos jogos da vacina

17 novembro 2020 - 18h50Por Investing.com

Por Barani Krishnan, da Investing.com - Os ursos que pensaram em fazer “outra Pfizer” com o ouro tiveram uma surpresa.

Os vendedores a descoberto que destruíram o metal amarelo na semana passada com os resultados dos testes da vacina para Covid-19 da Pfizer tentaram repetir a façanha na segunda-feira, quando a Moderna Inc (NASDAQ:MRNA) anunciou uma eficácia ainda melhor de suas próprias vacinas em teste. O ouro mergulhou com as notícias da Moderna, mas se recuperou rapidamente desta vez, para realmente terminar o dia um pouco mais alto - ao contrário da queda depois do anúncio da Pfizer Inc (NYSE:PFE); (SA:PFIZ34) que prevaleceu durante a maior parte da última semana.

Para fins de contexto, a Moderna disse que sua vacina experimental foi 94,5% eficaz na prevenção da Covid-19, contra a eficácia de 90% da Pfizer. O produto da Moderna precisa de refrigeração regular, em comparação com os -90 Fahrenheit necessários para a que a Pfizer desenvolveu.

Nas negociações de terça-feira, o ouro futuro para entrega em dezembro fechou em alta de US$ 2,70, ou 0,1%, em US$ 1.885,10. Isso apesar do rival dólar perder cerca de 0,25% de seu valor - uma dinâmica que normalmente teria impulsionado o ouro.

O preço à vista do ouro, que reflete as negociações em tempo real, caía US$ 7,65, ou 0,4%, para US$ 1.881,265 por volta das 17h50 (horário de Brasília). O movimento, sem dúvida, deixou os ursos de ouro, mesmo observadores de longa data do metal precioso, perplexos.

"XAU/USD é negociado dentro de uma estreita faixa de US$ 1.885 a US$ 1.893, apesar de um dólar mais fraco", disse o grafista de ouro Joel Frank em uma postagem no FX Live, usando os símbolos de comércio de ouro e dólar.

Os investidores de ouro continuam a pesar os temas conflitantes do aumento do otimismo com a vacina contra o agravamento da pandemia/bancos centrais mais acomodatícios, acrescentou.

Craig Erlam, analista da OANDA de Nova York, concordou que o ouro estava dando pouco na rodada atual de jogos da vacina, o que dificultou a leitura da direção do porto seguro.

“Um dólar mais fraco nos últimos dias aliviou parte da pressão sobre o ouro, mas ele ainda está lutando para se retirar consideravelmente de suas baixas”, disse Erlam em uma nota. “Mais uma vez, o metal amarelo encontrou suporte em torno da região de US$ 1.850 - US$ 1.860, mas desde então tem lutado para ultrapassar os US$ 1.900. Talvez esta seja uma nova faixa de curto prazo que está surgindo para o ouro.”

Alguns analistas agora estão lançando a bola até 5 de janeiro - a data para as duas eliminatórias para o Senado na Geórgia que os legisladores democratas precisam vencer para o presidente eleito Joe Biden aprovar um estímulo para a Covid-19 grande o suficiente para impulsionar preços do ouro como no alívio fiscal anterior em março.

Biden pressionou o Congresso na terça-feira para aprovar um plano de estímulo de US$ 3,4 trilhões para manter as pessoas e empresas protegidos, enquanto os casos de vírus aumentavam em todo o país. Ainda assim, não houve negociações para um novo plano de estímulo entre republicanos e democratas no Capitólio, com o impasse tendendo a ficar até o segundo turno de 5 de janeiro na Geórgia, pelo menos.

O Congresso aprovou cerca de US$ 3 trilhões em março sob a Lei Coronavirus Aid, Relief and Economic Security (CARES) para fornecer subsídios e empréstimos a empresas dos EUA e proteção de salário para cidadãos qualificados e residentes permanentes.

Desde então, os democratas na Câmara dos Representantes estão travados em um impasse com os republicanos do Senado sobre um pacote sucessivo para a CARES, discutindo sobre o tamanho do próximo alívio, já que milhares de americanos, especialmente aqueles no setor de companhias aéreas, arriscam perder seus empregos sem ajuda adicional.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content