quarta, 01 de dezembro de 2021
Abertura de mercado

O que esperar para bolsa e câmbio no Brasil nesta 6ª-feira (22)

Confira aqui as principais notícias, a agenda das autoridades e o informe corporativo do dia

22 outubro 2021 - 09h58Por Investing.com

Por Ana Beatriz Bartolo, da Investing.com - Com esta semana tumultuada próxima ao fim, o risco fiscal ainda pressiona os mercados, com o Ibovespa Futuros em queda de 0,71%, às 09:18, enquanto o dólar futuro avança 0,58%, a R$ 5,7000.

EUA

O iShares MSCI Brazil ETF (NYSE:EWZ), principal ETF brasileiro negociado no exterior, caía 1,30% no pré-mercado americano.

Nos Estados Unidos, os investidores acompanham a temporada de balanços. Os futuros da Nasdaq 100 recuam 0,23%, enquanto os da Dow Jones e da S&P 500 avançam 0,23% e 0,09%, respectivamente.

Covid-19: Brasil

O Brasil registrou nesta quinta-feira (21) 451 novas mortes por Covid-19, o que eleva o total de vítimas fatais da doença no país a 604.679, informou o Ministério da Saúde.

Também foram contabilizados 16.853 novos casos de coronavírus, com o total de infecções confirmadas no país avançando para 21.697.341, acrescentou a pasta.

Debandada da equipe econômica de Paulo Guedes

Os recentes movimentos do governo para ampliar os gastos, apesar do teto, fez com que parte da equipe econômica pedisse demissão. O secretário especial do Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, o secretário do Tesouro Nacional, Jeferson Bittencourt, e os seus adjuntos, Gildenora Dantas e Rafael Araujo, deixaram seus cargos, insatisfeitos com a política econômica.

Anúncios recentes apontam que a administração de Jair Bolsonaro pretende gastar entre R$ 83 bilhões e R$ 95 bilhões fora do teto de gastos em 2022, ano eleitoral, além dos R$ 15 bilhões extras previstos para este ano.

Esses valores seriam usados para viabilizar o Auxílio Brasil, o novo Bolsa Família, em parcelas de R$ 400 e para pagar um “Auxílio Diesel” a 750 mil caminhoneiros autônomos que ameaçavam uma paralisação.

A compra antecipada de vacinas e emendas parlamentares também foram beneficiadas.

Outro elemento que teria levado os funcionários a pedir demissão foi a possibilidade do governo tentar mudar o indexador da regra do teto de gastos para viabilizar o Auxílio Brasil.

Para Sergio Vale, economista-chefe da MB Associados, “é a sinalização de que o governo, de fato, perdeu a capacidade de resposta de equilíbrio fiscal”, disse, em entrevista dada ao Valor Econômico.

Mais notícias

Caminhoneiros - A Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores (Abrava), que reúne categoria de caminhoneiros no País, criticou o anúncio de ajuda do governo federal para compensar o aumento do preço do diesel.

"Os caminhoneiros autônomos brasileiros não querem esmolas. Auxílio no valor de R$ 400 não supre em nada as necessidades e demandas da categoria", destaca a nota assinada pelo presidente do órgão, Wallace Landim "Chorão".

PEC dos Precatórios - A comissão especial que analisa a PEC dos precatórios concluiu na noite desta quinta-feira, 21, a votação do texto, que adia o pagamento de parte das dívidas judiciais do governo e altera a regra de correção do teto de gastos. Combinadas, as mudanças vão abrir R$ 83,6 bilhões no teto em 2022.

Selic - O UBS BB (SA:BBAS3) revisou as suas estimativas para juros no Brasil, prevendo que a Selic alcançará 9,25% no final deste ano e 10,25% em 2022.

Agenda das autoridades

Jair Bolsonaro - Solenidade Militar alusiva ao Dia do Aviador e ao Dia da Força Aérea Brasileira; Reunião com Senadora Mailza Gomes (Progressistas/AC); Reunião com Pedro Cesar Sousa, Subchefe para Assuntos Jurídicos da Secretaria-Geral da Presidência.

Paulo Guedes - Cerimônia Alusiva à Assinatura do Decreto da Cédula de Produto Rural Verde - CPR Verde; Cerimônia de assinatura de acordos de cooperação técnica e de contratos de cessão imobiliária.

Campos Neto - Reunião com representantes do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS); Jantar com Tereza Cristina C. da Costa Dias, Ministra de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Joaquim Alvaro Pereira Leite, Ministro de Estado do Meio Ambiente, Chanceler Carlos Alberto F. França, Ministro de Estados das Relações Exteriores, Walter Shalka, CEO da Suzano Papel e Celulose (SA:SUZB3), e convidados para tratar de assuntos governamentais.

Informe corporativo

MRV (SA:MRVE3) - O conselho de administração da MRV aprovou a 20ª emissão de debêntures da companhia, no valor total de R$ 700 milhões, dividido em até duas séries.

Os títulos serão simples, não conversíveis e não permutáveis em ações.

A remuneração se dará pelos juros correspondentes a 100% dos DI, acrescidos de taxa de até 1,39% ao ano para a primeira série e até 1,64% para a segunda. O pagamento ocorrerá semestralmente.

Intel (NASDAQ:INTC) - A Intel registrou lucro líquido de US$ 6,8 bilhões no terceiro trimestre, alta de 60% ante o resultado de igual período do ano passado.

O lucro líquido por ação avançou a US$ 1,67, avanço anual de 64%, ante expectativa de US$ 1,11 dos analistas consultados pelo FactSet.

3R Petroleum (SA:RRRP3) - A 3R Petroleum confirmou que pretende realizar uma oferta pública subsequente de ações (follow on) com esforços restritos de distribuição primária.

O valor, segundo o comunicado, ainda está em estudo e com data de lançamento a ser definida.

Neoenergia (SA:NEOE3) - A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta quinta-feira revisão tarifária periódica da Neoenergia Brasília, com efeito médio para o consumidor de alta de 11,1% a partir de sexta-feira.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content