sexta, 03 de dezembro de 2021
locaweb

Locaweb tem alta após lucro saltar 147,8% no 2T20

13 agosto 2020 - 14h53Por Investing.com

Por Gabriel Codas, da Investing.com - As ações da Locaweb operam com ganhos na parte da manhã desta quinta-feira na B3, acima dos ganhos do Ibovespa hoje. A companhia divulgou ontem, após fechamento do mercado, que registrou lucro líquido ajustado de R$ 12 milhões no segundo trimestre o ano, alta de 147,8% na comparação com o mesmo trimestre do ano passado.

Por volta das 14h47, os ativos da Locaweb operavam com ganhos de 3,64% a R$ 53,56, oscilando entre a mínima de R$ 51,70 e máxima de R$ 53,50. O volume negociado é de R$ 43,44 milhões. O desempenho dos papéis está acima da alta do Ibovespa, que avançava 0,88% a 103.011 pontos no momento da escrita.

 A companhia teve crescimento em todas suas unidades de negócio, com destaque para Commerce, que apresentou crescimento de Receita Líquida de 69,5% em um ano e 43,1% na base trimestral.  Ainda no segmento de Commerce, o crescimento do GMV foi de 105,2% entre abril e junho, totalizando R$ 1,7 bilhão (em junho/20 o crescimento atingiu 122%).

Já a geração operacional de caixa do primeiro semestre da Locaweb foi de R$ 35,5 milhões, crescimento de 128,9% diante o mesmo período no ano anterior.

Visão dos analistas

Na visão da XP Investimentos, o mercado deve reagir de forma positiva os números, levando à manutenção da recomendação de Compra com preço-alvo de R$ 55,00 ao final de 2020. Apesar da pressão na rentabilidade no segmento Be Online/Saas, os números reportados vieram acima das estimativas e do consenso de mercado. A equipe acredita que o foco dos investidores permanecerá na forte aceleração da operação de Commerce.

Balanço

“Pavimentamos um caminho ao longo dos últimos anos para apoiar na transformação digital do Brasil e hoje estamos suportando toda essa tendência”, afirma Fernando Cirne, CEO da Locaweb, que com 22 anos de história conta com mais de 1.500 funcionários, cerca de 400 mil clientes, 19 mil desenvolvedores parceiros. “É com satisfação que apresentamos ao mercado os resultados do segundo trimestre de 2020. O período foi novamente marcado por um consistente crescimento em todas as nossas linhas de negócio. Mantivemos nossa estratégia de expansão de vendas de novas lojas no segmento de Commerce, sem perder o foco nos segmentos de Be Online / SaaS”.

No segmento de Commerce, a qualidade da plataforma somada ao completo ecossistema com mais de 170 integrações, contribuiu para o aumento de vendas dos clientes e se refletiu na expansão de GMV de triplo dígito no 2T20 (+105% vs 2T19).

Seguindo a tendência do mês de março, quando o GMV apresentou sinais de crescimento mais acelerado no final do mês, visualizamos um crescimento do GMV de 80% no mês de abril, 114% no mês de maio e 122% no mês de junho, fazendo com que a soma do GMV dos últimos seis meses encerrados em junho/20 atingisse R$ 2,86 bilhões

Em adição de novas lojas, a empresa registrou novamente o melhor trimestre da história da operação de Commerce. No segundo trimestre de 2020, houve expansão de 274% quando comparado ao quarto trimestre de 2019, enquanto o mês de junho apresentou crescimento de 282% em comparação a média mensal do último trimestre de 2019. “Com esse volume de novos entrantes, a empresa fortalece sua posição como maior, melhor e mais eficiente ferramenta para digitalização das PMEs no Brasil. Os dados de julho reforçam que, mesmo com a reabertura do comércio em algumas cidades, não vemos nenhum sinal de queda na adição de novas lojas, bem como no GMV”, afirma Cirne.

No 2T20, a Receita Líquida do segmento de Commerce correspondeu a 27,9% da Receita Líquida total do grupo, um crescimento de 7,4 p.p. quando comparado a participação de 20,5% do segmento no 2T19. Já o EBITDA da Commerce correspondeu a 45,1% do EBITDA total do Grupo (em relação a 30,2% no 2T19).

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content