Menu
Busca sexta, 17 de setembro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Ibovespa futuros

Ibovespa Futuros sobe com apetite ao risco no exterior; dólar cai

26 maio 2020 - 09h33Por Investing.com
Por Gabriel Codas Investing.com - O índice Ibovespa Futuros inicia a sessão desta terça-feira com alta de 0,94% aos 86.752 pontos às 09h07, com o dólar caindo 1,07% a R$ 5,3880. Os futuros de contrato mais curto do Ibovespa seguem movimento positivo dos principais índices globais, influenciados pela adição de apetite ao risco pela reabertura das economias do Hemisfério Norte e empolgação com vacina para prevenção de Covid-19. Além disso, o pregão é marcado pelo retorno dos negócios nos Estados Unidos, após o feriado na véspera. Os investidores também recebem com otimismo a notícia de que a China vai fortalecer sua política econômica e continuará com os esforços para reduzir os juros de empréstimos, disse o presidente do banco central, Yi Gang, reforçando as expectativas de mais medidas de apoio para reanimar a economia afetada pela pandemia de coronavírus. No Brasil, a cena política continua no radar após alívio com vídeo da reunião ministerial de 22 de abril em que o ex-ministro Sergio Moro acusa o presidente Jair Bolsonaro de tentar interferir na Polícia Federal. Os investidores avaliaram que não há conteúdo que acelere um eventual processo de impeachment contra o presidente. Porém, a cautela continua, com depoimento do empresário Paulo Marinho, que também acusa Bolsonaro de receber informações privilegiadas da Polícia Federal. - Cenário Interno Polícia Federal A Polícia Federal cumpre nesta terça-feira mandados de busca e apreensão nas residências oficial e pessoal do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), como parte de uma investigação que apura supostas irregularidades na área de saúde e na instalação de hospitais de campanha para combater a pandemia de Covid-19, disseram duas fontes com conhecimento do assunto à Reuters. As diligências acontecem no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador, e no bairro do Grajaú, onde Witzel tem residência pessoal. Os mandados foram expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde os governadores têm prerrogativa de foro. Uma equipe da Polícia Federal de Brasília participa da operação. Crise econômica A equipe econômica quer tomar 4,01 bilhões de dólares emprestados de organismos internacionais para o financiamento de despesas relacionadas à crise com o coronavírus, incluindo ampliação do Bolsa Família e pagamento do auxílio emergencial, do seguro-desemprego e do benefício direcionado aos que têm os contratos de trabalho suspensos ou jornadas reduzidas. Pelo câmbio desta segunda-feira, os recursos correspondem a aproximadamente 21,9 bilhões de reais. O pleito foi aprovado nesta segunda-feira pela Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), segundo duas fontes com conhecimento direto do assunto. A comissão é composta por membros de diversas secretarias do Ministério da Economia, além do secretário de Política Externa Comercial e Econômica do Ministério das Relações Exteriores. Dos 4,01 bilhões de dólares, o governo irá pleitear 1 bilhão de dólares do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), e a mesma quantia tanto do Banco Mundial quanto do New Development Bank (NDB), o banco do Brics. - Cenário Externo China A China vai fortalecer sua política econômica e continuará com os esforços para reduzir os juros de empréstimos, disse o presidente do banco central, Yi Gang, reforçando as expectativas de mais medidas de apoio para reanimar a economia afetada pela pandemia de coronavírus. Yi, em entrevista publicada pelo banco central nesta terça-feira, disse que os fundamentos econômicos da China não mudaram apesar das muitas incertezas e reiterou que sua postura atual sobre a política monetária será mais flexível. O Banco do Povo da China usará várias ferramentas de política monetária para manter a liquidez suficiente, e manterá a taxa de crescimento de oferta de dinheiro M2 e o financiamento social significativamente mais altos do que no ano passado, completou Yi. Desde o surto do vírus, as medidas do banco central, incluindo cortes na taxa de compulsório, reempréstimos e instrumentos de redesconto, alcançaram 5,9 trilhões de iuanes (827,63 bilhões de dólares), disse ele. BOLSAS INTERNACIONAIS Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,55%, a 21.271 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,88%, a 23.384 pontos. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 1,01%, a 2.846 pontos. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,13%, a 3.872 pontos. Os mercados europeus operam com ganhos nesta terça-feira, seguindo a cena externa positiva. Em Frankfurt, o DAX tem alta de 0,46% aos 11.448 pontos, com o FTSE, de Londres, avançando 1,08% aos 6.058 pontos. Já em Paris, o CAC tem alta de 0,98% aos 4.584 pontos. COMMODITIES A jornada desta terça-feira foi marcada por uma forte desvalorização nos preços dos contratos futuros do minério de ferro, que são negociados na bolsa de mercadorias da cidade de Dalian, na China. O ativo com o maior volume de operações, com data de vencimento para o mês de setembro deste ano, cedeu 2,99% a 698,50 iuanes por tonelada, o que representa perdas de 21,50 iuanes em relação aos 720,00 iuanes por tonelada de liquidação da véspera. Na mesma direção, mas com menor intensidade, a sessão foi negativa no caso das cotações dos papéis futuros do vergalhão de aço, que são transacionados na também chinesa bolsa de mercadorias de Xangai. O contrato com mais liquidez, com entrega para outubro de 2020, perdeu 17 iuanes para 3.493 iuanes por tonelada. Já o de janeiro de 2021, segundo em negócios, recuou 28 iuanes para 3.320 iuanes por tonelada. O barril do petróleo tem uma nova sessão de ganhos nos preços, com o Brent, de Londres, somando 1,46%, ou US$ 0,52, a US$ 36,05. Já em Nova York, o WTI avança 2,53%, ou US$ 0,85, a US$ 34,09. MERCADO CORPORATIVO - Latam A Latam Airlines anunciou nesta terça-feira que entrou com pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos, tornando-se o maior grupo de aviação a buscar uma reorganização de emergência como consequência dos impactos da pandemia de coronavírus. A companhia e afiliadas no Chile, Peru, Colômbia, Equador e Estados Unidos solicitaram “proteção voluntária pelo processo de reorganização financeira previsto no Capítulo 11 da lei dos EUA”, afirmou a empresa, fundada anos atrás pela união da brasileira TAM com a chilena LAN. As operações do grupo no Brasil, Argentina e Paraguai não estão incluídas no pedido. “Implementamos uma série de medidas difíceis para mitigar o impacto dessa disrupção sem precedentes no setor, mas, no fim das contas, esse caminho é a melhor opção para estabelecemos as bases certas para o futuro do nosso grupo de companhias aéreas”, disse o presidente-executivo da Latam, Roberto Alvo, em comunicado à imprensa. - Vale (SA:VALE3) A mineradora Vale informou que iniciou negociações exclusivas com a empresa australiana New Century Resources (NCZ) para a venda de sua participação em operações de níquel e cobalto na ilha de Nova Caledônia, no Pacífico. As conversas, promovidas por meio da Vale Canada Limited, incluem um pacote financeiro com o objetivo de apoiar a continuidade das operações da Vale Nova Caledônia e a transição do ativo para a NCZ, disse a Vale em comunicado na noite de segunda-feira. “As partes planejam também o engajamento conjunto com o Estado francês buscando assegurar a continuidade do suporte por meio de financiamento”, acrescentou a mineradora brasileira, sem entrar em detalhes ou citar valores. A companhia disse, no entanto, que com esse anúncio seus investimentos detidos na Vale Nova Caledônia serão registrados a valor justo e classificados como “ativo mantido para venda” em seu balanço, o que levará a uma perda adicional por redução no valor recuperável do ativo de aproximadamente 400 milhões de dólares, a ser reconhecida no segundo trimestre. - Magazine Luiza (SA:MGLU3) A varejista Magazine Luiza teve forte aceleração das vendas desde abril, com seu braço de comércio eletrônico crescendo fortemente e compensando com sobras o fechamento de lojas físicas devido às medidas de isolamento social para conter a pandemia do coronavírus. O grupo especializado na venda de eletrodomésticos, móveis e eletrônicos informou nesta segunda-feira que, após um impacto negativo em meados de março, quando as medidas de isolamento começaram, suas vendas totais em abril subiram 7% no comparativo anual, acelerando que acelerou para 46% em maio até dia 20. “Os efeitos dessa nova realidade já se mostraram no resultado final do primeiro trimestre. E devem ter impacto ainda maior no segundo”, afirmou a companhia no relatório. A companhia teve prejuízo ajustado de 8 milhões de reais no primeiro trimestre, ante lucro de 125,6 milhões de reais em igual etapa de 2019, refletindo sobretudo o fechamento total de suas lojas físicas, que deixaram de vender o equivalente a 500 milhões de reais na segunda metade de março, estimou a empresa. De todo modo, a receita líquida total do Magazine Luiza evoluiu 20,9% no primeiro trimestre, no comparativo anual, para 5,2 bilhões de reais. E o resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado somou 273,9 milhões de reais, queda de 29%. A margem Ebitda caiu 3,7 pontos percentuais, para 5,2%. - Carne bovina O Brasil recebeu a aprovação da Tailândia para começar a exportar carne bovina com osso, dessossada e miúdos ao país, informou o Ministério da Agricultura nesta segunda-feira. Inicialmente, cinco frigoríficos foram habilitados para embarcar a proteína ao país asiático. Segundo o ministério, as unidades estão localizadas nos Estados do Pará, Rondônia, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. A Minerva (SA:BEEF3) disse à Reuters que teve uma unidade em Palmeiras de Goiás (GO), com capacidade de abate de cerca de 2000 cabeças por dia, habilitada. Trata-se da maior unidade da empresa no Brasil. As concorrentes que também atuam na área de carne bovina no país, JBS (SA:JBSS3) e Marfrig (SA:MRFG3), não responderam imediatamente ao pedido de comentários. - Setor Elétrico Uma operação em estruturação no governo para apoiar distribuidoras de energia por meio de empréstimos devido aos impactos do coronavírus sobre o setor envolverá um valor teto de 15,6 bilhões de reais, informou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta segunda-feira. Os financiamentos, alvo de negociações entre empresas do setor e os ministérios de Minas e Energia e da Economia, serão viabilizados por meio de um grupo de bancos liderado pelo BNDES. O pleito das elétricas veio após uma forte redução do consumo devido às medidas de isolamento adotadas contra a pandemia e em meio a um aumento da inadimplência de consumidores. A Aneel, que informou o valor do teto previsto para a operação por meio da assessoria de imprensa, não forneceu maiores detalhes de imediato. Tapajós O prazo para conclusão de estudos sobre três grandes projetos hidrelétricos do chamado Complexo Tapajós, na região amazônica, foi ampliado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) até o final de 2021. As usinas de Cachoeira do Caí, Cachoeira dos Patos e Jamanxim, todas previstas para implementação no rio Jamanxim, no Pará, estão atualmente em fase de estudos de viabilidade técnica e econômica, que precedem o licenciamento ambiental. A prorrogação da data limite para conclusão dos levantamentos, expirada em 2019, foi aprovada pela agência reguladora após pedido do consórcio responsável, liderado pela estatal Eletrobras (SA:ELET3), segundo despachos no Diário Oficial da União desta segunda-feira. Os três empreendimentos estão entre os maiores potenciais hidrelétricos ainda disponíveis para aproveitamento no Brasil, com um total de 2,2 gigawatts em capacidade, mas sofrem críticas de ambientalistas, que apontam para possíveis impactos ambientais e sobre populações ribeirinhas. - BRF (SA:BRFS3) A BRF informou nesta segunda-feira que cerca de 340 funcionários de sua fábrica em Concórdia (SC) testaram positivo para o novo coronavírus e foram submetidos a contraprovas para confirmação da doença. A BRF disse que 6,6% de um total de 5.132 trabalhadores da unidade tiveram resultado positivo em testes rápidos para a detecção do vírus e foram afastados preventivamente, além de serem submetidos ao teste RT-PCR, que tem por objetivo confirmar com mais assertividade o diagnóstico. A companhia disse que irá receber os resultados nos próximos dias e que nos procedimentos que estão sendo realizados em outras fábricas da BRF, o RT-PCR tem confirmado entre 10% e 18% dos casos apontados como positivos nos testes rápidos. - BrasilAgro A BrasilAgro deve incrementar em pelo menos 12% a área de produção de soja e milho na safra 2020/21 após recente aquisição de uma fazenda no Piauí, em momento em que o setor se mostra resiliente à crise contando com uma alta forte do dólar, disse à Reuters o CEO da empresa, André Guillaumon. Em meio a produtividades de grãos acima do esperado na safra 2019/20, a companhia anunciou no último dia 13 a compra de uma área de 4,5 mil hectares no município de Baixa Grande do Ribeiro, ao sul do Piauí, por 25 milhões de reais. A área adquirida é vizinha a uma propriedade na qual a companhia possui parceria agrícola em uma área de 5,7 mil hectares agricultáveis e desenvolvidos. A companhia tem opção de compra da terra, atualmente arrendada. Segundo a BrasilAgro, o avanço de ao menos 12% em áreas de grãos 2020/21 será decorrente da recente compra no Piauí, adicionada a áreas adquiridas na Bahia com a incorporação da empresa Agrifirma, em dezembro de 2019, e novas áreas abertas no Paraguai. AGENDA DE AUTORIDADES - Jair Bolsonaro O presidente da República começa o dia recebendo Paulo Guedes, ministro da Economia, e, em seguida, se reúne com o ministro Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional). Na parte da tarde, o encontro será com o deputado Vitor Hugo (PSL/GO), Líder do Governo na Câmara dos Deputados. O dia termina com encontro com José Levi Mello do Amaral Júnior, Ministro da Advocacia-Geral da União. - Paulo Guedes - Videoconferência com os presidentes do Banco do Brasil (SA:BBAS3), Rubem Novaes, do Banco Central, Roberto Campos, da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, e do BNDES, Gustavo Montezano; - Videoconferência com o ministro da Fazenda do Paraguai, Benigno López; - Videoconferência com o secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues. *Com contribuição de Reuters
ABERTURA: Ib
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: