Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
CSN

CSN cai mais de 3% após ver lucro encolher para R$ 87 milhões no 1º trimestre

09 maio 2019 - 13h47Por Investing.com
Investing.com - A Companhia Siderúrgica Nacional (SA:CSNA3) teve lucro líquido de R$ 87 milhões no primeiro trimestre, queda ante o resultado positivo de R$ 1,49 bilhão obtido um ano antes, apesar de avanços de dois dígitos na receita e no resultado operacional. Desta forma, as ações da companhia registram perdas de 3,85% a R$ 13,72. A empresa apurou uma geração de caixa medida pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) ajustado de 1,72 bilhão de reais, evolução de 39 por cento sobre o desempenho de um ano antes.

Quer investir mas não sabe por onde começar? Abra uma conta na Órama e faça o seu dinheiro render!

Analistas, em média, esperavam Ebitda da CSN no primeiro trimestre de 1,65 bilhão de reais, segundo dados da Refinitiv. Não ficou imediatamente claro se os números são comparáveis. A CSN teve alta de 19 por cento na receita líquida do primeiro trimestre na comparação anual, para 6 bilhões de reais, dentro do esperado por analistas, apoiada em aumentos de preços da liga e expansão de 19 por cento nas vendas de minério de ferro. Para o BTG Pactual (SA:BPAC11), os resultados operacionais deverão se fortalecer substancialmente este ano, principalmente em maior lucratividade de seus negócios de mineração, impulsionados pelo recente aumento nos preços do minério de ferro. Assim, a CSN, para o banco, é hoje a melhor chamada de desalavancagem em nossa cobertura, e se atrevendo a dizer que é um dos melhores em todo o Ibovespa. A ação segue subutilizado e, de acordo com o case, CSN é negociada perto de 5,3x o EBITDA 2019. A Mirae Asset destaca que o elevado nível de endividamento oneroso, sendo que sua dívida líquida caiu de R$ 26,5 bilhões do 1T18 para R$ 25,8 bilhões no 1T19, ainda muito elevado, o que pode ser observado pela relação dívida líquida/Ebitda em 4,07x. A corretora segue com recomendação neutra para a ação ON da CSN, justamente por esta condição de estrutura de capital e pelo fato do preço da ação já ter evoluído de forma expressiva desde a divulgação do resultado do 4T18 e do acidente ocorrido na unidade Brumadinho da Vale (SA:VALE3).
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: