sexta, 03 de dezembro de 2021
previdência

Câmara conclui votações de destaques e reforma da Previdência vai para o Senado

07 agosto 2019 - 22h19Por Angelo Pavini
O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, por 352 votos a 135, o destaque do PT à proposta de reforma da Previdência (PEC 6/19) e manteve no texto o novo cálculo das aposentadorias, equivalente a 60% da média de todos os salários de contribuição por 20 anos de recolhimento, acrescido de 2% por cada ano a mais. Atualmente, a média é calculada com 80% dos maiores salários de contribuição. Com o fim da análise dos destaques, a proposta será enviada ao Senado. Em seguida, a sessão foi encerrada. Principais pontos Os deputados já haviam aprovado, em segundo turno, o texto-base da reforma. Na sessão de hoje, foram analisados os destaques que podem suprimir trechos do texto. Entre outros pontos, a reforma da Previdência aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, eleva as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS e estabelece regras de transição para os atuais assalariados. Na nova regra geral para servidores e trabalhadores da iniciativa privada que se tornarem segurados após a reforma, fica garantida na Constituição somente a idade mínima. O tempo de contribuição exigido e outras condições serão fixados definitivamente em lei. Até lá, vale uma regra transitória. As informações são da Agência Câmara. O post Câmara conclui votações de destaques e reforma da Previdência vai para o Senado apareceu primeiro em Arena do Pavini.
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content