SpaceNow

B3 EM TEMPO REAL: Fique por dentro de tudo o que influencia a Bolsa nesta segunda-feira (17)

A SpaceMoney reúne para você as últimas notícias do mercado financeiro em primeiríssima mão

B3 EM TEMPO REAL: Fique por dentro de tudo o que influencia a Bolsa nesta segunda-feira (17)

Além disso, o Banco Central (BC) apresenta o Boletim Focus, com projeções para o IPCA (inflação), PIB (crescimento), Selic (juros) e Câmbio (dólar), às 8:25.

 

 

 

 

 

DÓLARA moeda norte-americana encerrou a última sexta-feira (14) em alta de 0,28%, a R$ 5,38.

 

Nesta segunda-feira (17), o mercado de câmbio observa a divulgação das projeções do Boletim Focus, do Banco Central (BC), que traz novas estimativas para a taxa básica de juros Selic e para o dólar, às 8:25.

Além disso, na próxima quarta-feira (19), o Comitê de Política Monetária (COPOM) decide o rumo da taxa básica de juros Selic.

Na semana passada, a percepção de elevado risco fiscal no País movimentou o mercado de câmbio.

A devolução da MP do PIS/Cofins e declarações de membros do governo que afirmam ser necessário arrecadar mais para gastar mais fizeram a moeda norte-americana subir 1,08% e, no mês, a alta acumulada chegou a 2,5%.

 

 

 

 

Leia mais: BITCOIN HOJE – BTC acumula queda de 5,19% na semana a US$ 65,9 mil e Ethereum (ETH) cai 4,4%

Leia mais: Dividendos de FIIs: 7 fundos de investimento imobiliário pagam cotistas nesta segunda-feira (17)

 

MyCryptoChannel

 

Empresas

Veja aqui as principais notícias das grandes empresas brasileiras, entre avisos aos acionistas, comunicados ao mercado, fatos relevantes e mais informações da imprensa especializada:

 

Informe corporativo

Auren (AURE3): CADE aprova fusão com a AES Brasil (AESB3)

Na última sexta-feira (14), a Superintendência-Geral (SG) do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) aprovou, sem restrições, a proposta de combinação de negócios entre Auren Energia (AURE3) e AES Brasil (AESB3).

Nos termos da legislação aplicável, a decisão do CADE vai transitar em julgado em quinze dias a contar da publicação do despacho de aprovação do Diário Oficial da União (DOU).

Concluída esta etapa, a condição precedente relativa à aprovação do CADE vai ser obtida de forma definitiva, e remanescerão pendentes outras condições precedentes para a conclusão da transação.

 

Banco do Brasil (BBSA3)

O Banco do Brasil (BBAS3) vai iniciar a escolha de substituto de Fernando Melgarejo após diretor da Previ ter sido indicado para a Petrobras.

 

Cogna (COGN3) anuncia programa de recompra de até 44,2 milhões de ações

O conselho de administração da Cogna (COGN3) aprovou um programa de recompra de até 44.216.191 ações ordinárias (ON), representativas de 2,35% dos papéis em circulação, com vigência até o dia 17 de junho de 2025.

Com base na posição acionária da última quinta-feira, 13 de junho, a companhia possui, atualmente, 1.875.663.358 ações ordinárias em circulação e 942.852 ações ordinárias mantidas em tesouraria.

 

DATA COM: Bradesco (BBDC4) vai pagar R$ 4 bilhões em JCP a quem mantiver ações até HOJE!

O conselho de administração do Bradesco (BBDC3)(BBDC4) aprovou o pagamento de R$ 4 bilhões em juros sobre o capital próprio (JCP) intermediários, um valor correspondente a R$ 0,359141350 por ação ordinária (ON) e R$ 0,395055485 por ação preferencial (PN). 

Proventos foram propostas pela diretoria e relacionam-se ao primeiro semestre de 2024.

Serão beneficiados os acionistas que estiverem inscritos nos registros da Sociedade nesta segunda-feira, 17 de junho (data-base de direito), e as ações passarão a ser negociadas ex-direitos aos juros intermediários a partir do dia seguinte, 18 de junho.

O pagamento deve ocorrer até 31 de janeiro de 2025, pelo valor líquido de R$ 0,305270148 por ação ordinária (ON) e R$ 0,335797162 por ação preferencial (PN), já deduzido o Imposto de Renda na Fonte de 15% (quinze por cento), exceto para os acionistas pessoas jurídicas que estejam dispensados da referida tributação, que receberão pelo valor declarado, e vai ser efetuado da seguinte forma: 

  • – aos acionistas com ações depositadas na Sociedade e que mantêm os dados cadastrais e bancários atualizados, mediante crédito a ser efetuado nas contas correntes em instituições financeiras por eles indicadas; e 
  • – aos acionistas com ações depositadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão, por intermédio das instituições e/ou corretoras que mantêm suas posições em custódia.

 

Os acionistas que não possuírem seus dados atualizados deverão apresentar-se na agência Bradesco de sua preferência, munidos de CPF, RG e comprovante de residência, para atualização cadastral e recebimento dos respectivos valores a que têm direito.

Os juros ora aprovados representam, aproximadamente, 20,8x o valor dos juros mensalmente pagos, líquidos de imposto de renda na fonte, e serão computados no cálculo dos dividendos obrigatórios do exercício previstos no estatuto social.

 

DATA COM: Romi (ROMI3) vai pagar R$ 21,42 milhões em JCP a quem mantiver ações até HOJE!

A Romi (ROMI3) vai distribuir o valor bruto de R$ 21.429.271,81 em juros sobre o capital próprio (JCP), como determinou o seu conselho de administração na última terça-feira (11). O montante corresponde ao valor líquido de R$ 0,1955 por ação.

Farão jus aos créditos investidores posicionados em base acionária ao fim da sessão desta segunda-feira, 17 de junho.

Pagamentos serão efetuados no dia 17 de julho.

 

EzTec (EZTC3)

A EzTec (EZTC3) informou que a gestora BlackRock atingiu participação acionária de 5,18% na companhia. Segundo o último formulário de referência, de 31 de maio, a parte não detinha fatia relevante na empresa.

 

JCP: PetroReconcavo (RECV3) paga R$ 410 milhões nesta segunda-feira (17)

Os juros sobre o capital próprio (JCP) de R$ 410 milhões anunciados pela PetroReconcavo (RECV3) no dia 29 de maio serão pagos nesta segunda-feira, 17 de junho, como aprovou o seu conselho de administração.

O valor corresponde a R$ 1,39882 por ação ordinária (ON).

O pagamento vai ser realizado com a correspondente retenção do Imposto de Renda (IR) na fonte.

Farão jus aos créditos investidores posicionados em base acionária ao fim da sessão do dia 5 de junho.

 

JCP: TIM (TIMS3) anuncia pagamento de R$ 300 milhões

A Tim (TIMS3) anunciou a distribuição de juros sobre o capital próprio (JCP) no valor de R$ 300 milhões, como determinou o seu conselho de administração na última sexta-feira (14). O montante corresponde ao valor bruto de R$ 0,12406924 por ação ordinária (ON).

O pagamento foi definido para o dia 23 de julho.

Farão jus aos créditos investidores posicionados em base acionária ao fim da sessão da próxima sexta-feira, 21 de junho.

 

JCP: Vivo (VIVT3) vai pagar R$ 175 milhões

A Telefônica Brasil (VIVT3), dona da Vivo, autorizou o pagamento do valor bruto de R$ 175 milhões em juros sobre capital próprio (JCP). Com a retenção de imposto de renda (IR) na fonte, à alíquota de 15%, resulta-se o montante líquido de R$ 148.750.000,00.

O montante corresponde ao valor líquido de R$ 0,090105 por ação ordinária (ON).

Farão jus aos créditos investidores posicionados em base acionária ao fim da sessão do dia 26 de junho. Pagamentos serão realizados até o dia 30 de abril de 2025, em data a ser oportunamente definida pela diretoria.

 

Marcopolo (POMO4): BlackRock eleva participação acionária

A gestora BlackRock, em nome de alguns de seus clientes, na qualidade de administrador de investimentos, adquiriu instrumentos financeiros derivativos, com liquidação financeira, referenciados em ações preferenciais emitidas pela Marcopolo (POMO4) denominados “contracts for difference” (“CFDs”).

Em 12 de junho, suas participações, de forma agregada, passaram a ser de:

  • – (i) 36.514.164 CFDs, representativos de aproximadamente 5,027% do total de ações preferenciais emitidas pela companhia; e
  • – (ii) 51.164.340 ações preferenciais, representativas de aproximadamente 7,044% do total de ações preferenciais emitidas pela companhia.

 

Petrobras (PETR3)(PETR4)

O presidente do conselho de administração da Petrobras (PETR3)(PETR4), Pietro Mendes, informou que o colegiado se reúne nesta segunda-feira (17), mas não quis antecipar a pauta.

 

Petrobras (PETR4): Chambriard indica três nomes para diretoria executiva

Magda Chambriard, CEO da Petrobras (PETR3)(PETR4) indicou três novos membros para a composição da diretoria executiva:

  • – • Diretoria Executiva de Engenharia, Tecnologia e Inovação, Renata Baruzzi;
  • – • Diretoria Executiva de Exploração e Produção, Sylvia dos Anjos;
  • – • Diretoria Executiva Financeira e de Relacionamento com Investidores, Fernando Melgarejo. 

 

As indicações serão submetidas aos procedimentos internos de governança corporativa, como as respectivas análises de conformidade e integridade necessárias ao processo sucessório da companhia, encaminhadas para apreciação do Comitê de Pessoas e, em seguida, enviadas para deliberação do conselho de administração.

Os atuais diretores permanecem em suas posições até que seja concluído o processo de governança interna necessário à aprovação dos novos nomes.

 

Quali (QUAL3) elege Raphael Denadai Sanchez para o conselho de administração

Ricardo Wagner Lopes Barbosa apresentou, na última sexta-feira (14), sua carta de renúncia ao cargo de membro independente do conselho de administração da Quali (QUAL3)(antiga Qualicorp).

Executivo havia sido eleito em assembleia-geral ordinária (AGO), realizada no dia 22 de abril de 2024, e cujo mandato se estenderia até a assembleia-geral ordinária que deliberar sobre as demonstrações financeiras do exercício social encerrado em 31 de dezembro de 2025.

Dessa forma, o colegiado elegeu para o cargo vago Raphael Denadai Sanchez, pelo prazo restante do mandato unificado de seu antecessor.

Sanchez possui mais de vinte e cinco anos de experiência em empresas de grande porte, com sólida expertise na estruturação de áreas, integração de operações e desenvolvimento de ferramentas, processos e gestão de pessoas.

De 2015 a 2019, ocupou a posição de CFO na americana Cinemark. Em 2019 ele se junta à SKY, como CFO Brasil até 2021, quando foi promovido à CEO da companhia.

Atualmente, ocupa a função de CFO de Value Creation no Patria e integra os conselhos da Lavoro, Plurix e Dellys. Sua experiência internacional abrange a liderança de projetos e a gestão de equipes em diversos países, como Brasil, Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Espanha.

Além disso, residiu na França e em Singapura durante o MBA na INSEAD, o que ampliou sua visão global e capacidade de adaptação a diferentes culturas
empresariais.

 

Sabesp (SBSP3)

O conselho de administração da Sabesp (SBSP3) aprovou uma nova política de dividendos, que podem chegar a 100% do lucro.

 

Vale (VALE3) informa incêndio na planta de Salobo 3, no Pará (PA)

A Vale (VALE3) informou, nesta segunda-feira (17), um incêndio ocorrido ontem em uma das correias transportadoras da planta de processamento de Salobo 3, no Pará.

O incêndio foi contido sem vítimas e sem impacto ambiental material. As causas do incidente estão sendo apuradas.

A companhia avalia os impactos do incidente e as medidas necessárias para o restabelecimento dos processos operacionais afetados em Salobo 3. Não houve impacto nas operações das usinas de Salobo 1 e 2. 

 

Vamos (VAMO3)

A Vamos (VAMO3) informou que a FMR LLC atingiu o total de 55.336.195 ações ordinárias, e, com isso, passou a deter 5,010% do total desta classe de ações emitidas pela empresa.

 

Zamp (ZAMP3) anuncia saída de Ariel Grunkraut do cargo de diretor-presidente

Na última sexta-feira (14), a Zamp (ZAMP3), dona do Burger King, comunicou a saída de Ariel Grunkraut da função de diretor-presidente. Com isso, o executivo encerra seu ciclo na companhia após mais de treze anos.

Grunkraut permanece em seu cargo até o dia 28 de junho.

O executivo foi um dos sete sócios-fundadores que criaram a companhia em 2011 e, desde então, liderou a Área de Vendas, Marketing e Tecnologia e a empresa como diretor-presidente ao longo dos últimos dois anos.

O executivo também liderou a transformação digital da empresa e desempenhou um papel fundamental para a construção da Zamp enquanto maior operadora de lojas próprias do Brasil. 

 

Trade

DAY TRADE: ações para comprar e vender nesta segunda-feira (17)

Nesta segunda-feira (17), PagBank recomendou a compra das ações de Eneva (ENEV3), Itaú (ITUB3) e Alpargatas (ALPA4) para ganhos de até 2,18% em operações de day trade.

Para venda, a plataforma recomendou os papéis de Azul (AZUL4) e Gerdau (GGBR4). Analistas gráficos estimam um ganho potencial de 2,10% com a operação.