quarta, 08 de dezembro de 2021
Ativa carteira recomendada

Ativa troca 4 dos ativos da carteira semanal; confira nova composição

26 outubro 2020 - 15h44Por Investing.com

Por Leandro Manzoni, da Investing.com - A Ativa Investimentos realizou quatro mudanças para a sua carteira recomendada semanal dessa semana, composta por 5 ativos. Deixaram o portfólio Indústrias Romi (SA:ROMI3), Even (SA:EVEN3), Magazine Luiza (SA:MGLU3) e Raia Drogasil (SA:RADL3) para a entrada de Embraer (SA:EMBR3), Porto Seguro (SA:PSSA3), Eneva (SA:ENEV3) e BTG Pactual (SA:BPAC11). Vale (SA:VALE3) foi a única manutenção.

O rendimento da carteira foi negativo na semana passada, com queda de 0,29%, enquanto o Ibovespa subiu 3%. No ano, a queda acumulada é de 8,75%, enquanto o Ibovespa recua 12,44%. No acumulado de 12 meses, a carteira da Ativa apresenta rendimento positivo de 8,11%, contra queda de 5,84% do Ibovespa.

As ações da Vale foram a maior alta da carteira recomendada da Ativa na semana passada, com ganhos de 1,94%. Contribuiu negativamente para a carteira o tombo de 3,38% da construtora Even.

Confira abaixo as ideias gráficas para a escolha de cada ativo, recomendada pela Ativa investimentos:

Vale: No gráfico diário e semanal, ativo saiu da lateralização no curto, ampliando o potencial de retomar o canal de alta de médio prazo, ganhando, de vez, a força de compra. Seguiu com o fechamento acima do topo histórico anterior em 61,48 e manteve a jornada de alta, rumo aos 65,00 e depois 69,05/70,00.

Eneva: No gráfico semanal, ativo fechou acima de grande lateralização, superando 111,8% (52,55) e tende a continuar a fazer novos topos históricos, rumando a 59,99 e depois 65,12.

Embraer: No gráfico semanal, ativo executou pivô de alta com volume e ganha força para encerrar a tendência de queda atual. Superando os 7,20/7,50 vamos a 8,25 e depois 9,56.

Porto Seguro: No gráfico semanal, ativo superou 38,2% de fibonacci e ganha força para continuar a alta ao romper os 52,59, com objetivos em 55,77 e depois 59,71.

BTG: No gráfico semanal, ativo tocou na LTA de médio prazo e renova força compradora com volume e belo candle de ignição para buscar os 84,72 (111,8% de fibo), caminhando para o topo histórico recente em 93,37 e depois 100,43.

Veja os fatores que influenciam os mercados hoje

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content