Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile

Assembleia da Venezuela declara “formalmente a usurpação” do governo

15 janeiro 2019 - 21h47Por Agência Brasil

A Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela aprovou hoje (15) um acordo, classificado como histórico pelos parlamentares, em que é declarada “formalmente a usurpação da Presidência da República" por Nicolás Maduro. A moção estabelece ainda a anulação de “todos os supostos atos emanados do Poder Executivo".

A decisão ocorre após a prisão e libertação do presidente do Parlamento venezuelano, Juan Guaidó, um dos principais opositores de Maduro.

Na sua conta no Twitter, Guaidó relatou toda a sessão na Assembleia que ocorre na tarde hoje. Guaidó invocou os artigos 233, 330 e 350 da Constituição venezuelana, que definem as atribuições do Parlamento e do governo. Para os parlamentares, Guaidó deve assumir o poder.

Parlamento da Venezuela
A Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela aprovou “formalmente a usurpação da Presidência da República" por Nicolás Maduro - Arquivo/Presidência da Assembleia Nacional da Venezuela/Redes Sociais/Direitos Reservados

A crise na Venezuela é tema de reunião amanhã (16) dos presidentes Jair Bolsonaro e da Argentina, Mauricio Macri, que visita Brasília nesta quarta-feira.

Para o Brasil, o segundo mandato de Maduro não é legítimo, a Assembleia Nacional Constituinte deve assumir o poder com a incumbência de promover novas eleições.

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: