quinta, 09 de dezembro de 2021
presidente

Dow Jones alcança outra alta recorde com possível corte de juros

12 julho 2019 - 12h08Por Investing.com

O Dow Jones Industrial Average Index, ou Dow 30, que reúne as ações das 30 maiores empresas dos EUA, alcançou mais um recorde nesta sexta-feira, depois que comentários dovish do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, no início da semana colocaram as ações em alta, antecipando um corte de juros no fim deste mês.

O Dow subia até 27.234,24 pontos antes de ganhar um pouco para subir 0,4% por volta das 10h45. Enquanto isso, o S&P 500 renovou seu impulso acima do nível de 3.000 pontos para negociar em alta de 0,2% a 3.005.37, enquanto o Nasdaq composite subia 21 pontos, ou 0,3%.

Os investidores esperam que o Fed reduza as taxas em sua reunião de política em julho, com Powell testemunhando perante o Congresso que o banco central está preocupado com a inflação fraca e várias "incertezas" que pesam sobre as perspectivas econômicas.

"Jerome Powell falou em Washington DC na quarta e quinta-feira, e a mensagem que recebemos é que o banco central dos EUA está considerando reduzir as taxas de juros, e isso está ajudando as ações em todo o mundo", disse David Madden, analista de mercado da CMC Markets no Reino Unido.

Um aumento nos dados do núcleo de inflação não fez nada para deter as expectativas de corte de taxa.

A empresa de mídia social Snap (NYSE:SNAP) ganhava 1,4% no pré-mercado após uma atualização de analistas, enquanto a Apple (NASDAQ:AAPL) subia 0,7% e a Tesla (NASDAQ:TSLA) subia 1%. A Altria (NYSE:MO) subia 1,1% após o Goldman Sachs (NYSE:GS) ter atualizado a empresa de tabaco.

O Facebook (NASDAQ:FB) caía 0,7%, já que o projeto de criptomoeda da gigante de mídia social enfrentou críticas do presidente Donald Trump. A Advanced Micro Devices (NASDAQ:AMD) caía 1,1%, enquanto a Netflix (NASDAQ:NFLX) caía 0,9%.

Em commodities, petróleo bruto caía 0,1%, para US$ 60,16 por barril. Os contratos futuros de ouro subiam 0,3%, para US$ 1.410,85 por onça troy, enquanto o O índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, permanecia estável em 96,618.

 
Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content