Menu
Busca quinta, 21 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Telefonia

Retomada econômica deve impulsionar segmento pré-pago da Telefônica Brasil: BTG

24 fevereiro 2021 - 12h56Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag

Investing.com - As ações da Telefônica Brasil (SA:VIVT4), dona da Vivo, tinham leve queda nesta quarta-feira (24) após a companhia apresentar resultados em linha com o esperado pelo mercado, com receita de serviço de R$ 10,4 bilhões, um queda de 1,6% na base anual.

Perto das 11h, os papéis eram negociados a R$ 44,81, com volume de R$ 18,85 milhões. Nos últimos trinta dias, a ação acumula alta de 1,61% e queda de 10% nas últimas 52 semanas.

Segundo os analistas do BTG Pactual (SA:BPAC11), que tem recomendação de Compra e preço-alvo de R$ 64 para o papel, a Vivo conseguiu reportar a melhor margem trimestral em anos, “uma grande conquista, especialmente se considerarmos a situação econômica atual”.

Para os analistas, o ótimo resultado pré-pago da companhia, com crescimento de 7,3% da receita na base anual, superou as expectativas, o que pode ser impulsionado pela retomada da economia.

O banco de investimentos avalia, ainda, que, além de um modelo de negócios resiliente, forte balanço patrimonial e geração de fluxo de caixa, a Vivo está sendo negociada a múltiplos atraentes de 4,3 vezes o EV/EBITDA de 2021, contra 6 vezes os pares globais.

Já a Ativa Investimentos escreveu, em relatório, que a Telefônica Brasil apresentou um resultado sem grandes surpresas e segue otimizando custos, o que permitiu expansão de margem EBITDA em um ponto percentual e ganhos de EBITDA e lucro líquido em 0,8% e 1,5%, respectivamente.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: