Menu
Busca sexta, 15 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Análise

Papel e Celulose: forte queda recente abre oportunidade de Compra, diz BTG

A queda, na análise do banco, "faz pouco sentido considerando a melhora aguda nos fundamentos ao longo dos últimos meses"

08 junho 2021 - 18h00Por Investing.com

Por Ana Julia Mezzadri, do Investing.com - As ações do setor de papel e celulose têm estado sob forte pressão de venda nas últimas semanas, com Klabin (SA:KLBN11) e Suzano (SA:SUZB3) apagando praticamente todos os ganhos do ano. A queda, na análise do BTG Pactual, “faz pouco sentido considerando a melhora aguda nos fundamentos ao longo dos últimos meses”.

Por isso, o banco vê o tombo recente como uma oportunidade de Compra para os papéis de Suzano e Klabin. Os papéis fecharam o pregão desta terça-feira (8) em queda de 2,39% e  2,17%, respectivamente, negociados a R$ 58,08 e R$ 25,28.

Entre os fatores que podem estar por trás da queda recente, segundo o BTG, estão a rotação para players domésticos após a melhora nas perspectivas de crescimento do Brasil; temores de um colapso iminente nos preços da celulose; a fuga para nomes de maior crescimento dentro do setor de commodities; a força do real; e a venda da participação na Klabin pelo BNDES.

Nos cálculos do banco, os níveis atuais das ações precificam um cenário pessimista que não deve se materializar. Ainda que os indicadores da indústria de celulose tenham desacelerado nas últimas semanas, seguem firmes em patamares elevados.

Além disso, grande parte do mercado não vê com bons olhos os projetos de crescimento das duas empresas, por preferir investimento em retornos aos acionistas e desalavancagem. O BTG nota, no entanto, que os planos de crescimento da Suzano e da Klabin são os mais competitivos e de menor custo da indústria, o que, em sua análise, é altamente assertivo.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: