sábado, 04 de dezembro de 2021
ESG

Orizon, Localiza e Fleury são destaques na agenda ESG, diz XP

Para a corretora, as companhias são protagonistas no tema em seus respectivos setores

03 maio 2021 - 16h12Por Redação SpaceMoney
 - Crédito: Markus Spiske via Unsplash

A XP Investimentos publicou, recentemente, três relatórios destacando o desempenho das empresas Orizon, Localiza e Fleury quanto à agenda ESG (governança, ambiental e social). Para a corretora, as companhias são protagonistas no tema em seus respectivos setores.

Confira a avaliação ESG da XP para essas três companhias:

Orizon (ORVR3)

A XP disse, em relatório divulgado no dia 19 de abril, que a Orizon é uma das empresas melhor posicionadas na agenda ESG sob sua cobertura. Para a corretora, a companhia de tratamento e recuperação de resíduos está “preparada” para acompanhar a evolução da agenda sustentável no Brasil.

O destaque fica para o "compromisso" da Orizon em divulgar dados ESG. Segundo a XP, a empresa disse, no release de resultados do 4T20, que “está trabalhando nisso”. Outro ponto chamado atenção é a definição dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) prioritários para a empresa, que posteriormente farão parte da estratégia da companhia.

A alta geração de crédito de carbono; a minimização do uso de lixões no Brasil por meio de suas operações de aterro; e a produção de energia renovável a partir do biogás foram mais alguns dos fatores positivos destacados no documento.

Localiza

Em relatório divulgado no dia 21 de abril, a XP afirmou que vê a Localiza como a melhor posicionada na perspectiva ESG dentre as empresas no setor de locação de automóveis. 

Para eles, a empresa se destaca em relação aos pares, tendo diretrizes positivas em governança corporativa. Outro ponto é a transparência da empresa quanto às suas emissões de carbono. A corretora chama atenção para iniciativas que têm como objetivo a contribuição para uma economia de baixo carbono.

Além disso, a XP também disse que a Localiza está bem posicionada no que diz respeito ao pilar “Social”. O documento aponta que a empresa está “comprometida” com o Pacto Global, uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU) para promover a responsabilidade social corporativa e políticas sustentáveis.

“A Localiza cumpre os acordos e convenções que regem as relações trabalhistas entre os colaboradores e a empresa, dos quais 80% contêm cláusulas relacionadas à segurança e saúde ocupacional”, disseram no texto.

“A empresa apoia o empoderamento das mulheres por meio de diversas campanhas e incentivos a trabalhar como motoristas profissionais, com o objetivo de tentar diminuir a desigualdade entre homens e mulheres na força de trabalho”.

Fleury (FLRY3)

Para a XP, em relatório divulgado no dia 29 de abril, a agenda ESG está “diretamente ligada à missão e estratégia do Fleury”. No documento, é destacado a gestão de resíduos e água da empresa, além de sua eficiência energética.

A corretora também afirma que o laboratório está comprometido com o Pacto Global e os ODS da Agenda 2030 da ONU. Nesse quesito, o texto chama atenção para o sistema de gestão da qualidade do Fleury, que está “alinhado a importantes padrões nacionais e globais”. 

Em relação à governança, a XP aponta que a companhia carece de maioria independente (4 dos 12 membros), enquanto no que se refere à diversidade, destaca que a CEO da empresa é uma mulher, Jeane Tsutsui, o que colocaria o Fleury entre as únicas 5 empresas brasileiras listadas que possuem uma mulher ocupando esse cargo, segundo o Teva Índices.

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content