terça, 16 de abril de 2024
Notícias

Minerva (BEEF3): América do Sul pretende aumentar participação nas exportações de carne bovina

CEO Fernando Queiroz falou sobre expectativas da empresa nesta terça-feira (28)

28 novembro 2023 - 12h05Por Redação SpaceMoney

O CEO da Minerva (BEEF3), Fernando Queiroz, revelou nesta terça-feira (28) que a América do Sul pretende aumentar em 50% sua participação nos embarques e exportações de carne bovina nos próximos cinco anos. Atualmente, este percentual está em 40%.

Queiroz destacou que a estratégia da Minerva se baseia na competitividade da criação de bois a pasto, comum nos países sul-americanos, e na disponibilidade de mão de obra com custos mais baixos em comparação com nações como os Estados Unidos. A recente aquisição de ativos da concorrente Marfrig (MRFG3) na América do Sul consolidou ainda mais a posição da Minerva na região.

Durante o evento Minerva Day, voltado para investidores, Queiroz enfatizou: "Cinquenta por cento do trading estará sob nosso controle dentro de cinco anos."

A Minerva tem buscado consolidar sua presença nas principais plataformas de produção de carne bovina ao longo dos anos. Com 20 aquisições nos últimos 15 anos, a empresa se tornou um player relevante em países como Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, segundo o CEO.

Queiroz ressaltou a capacidade da Minerva em extrair sinergias dos negócios, reforçando que as aquisições anteriores demonstraram isso, e que o mesmo ocorrerá com os ativos adquiridos da Marfrig.

A aquisição anunciada em agosto, com um acordo de 7,5 bilhões de reais para a compra de unidades de abate de bovinos e ovinos da Marfrig, fortalecerá a presença da Minerva na América do Sul.

Com a transação, a capacidade de abate da Minerva aumentará significativamente, ultrapassando 42 mil cabeças/dia, conforme informações divulgadas anteriormente pela empresa.

 

(Informações da Reuters)

 

(Atualizado às 15:59)