segunda, 06 de dezembro de 2021
Radar corporativo

Frigoríficos avançam após balanços; Petrobras fecha semana em queda

26 fevereiro 2021 - 10h39Por Investing.com

Por Ana Carolina Siedschlag, da Investing.com - Os papéis da Minerva e da BRF (SA:BRFS3) despontavam entre as maiores altas da B3 (SA:B3SA3) desta sexta-feira (26) após os frigoríficos reportarem resultados mais fortes que o esperado para o quarto trimestre. Já a Petrobras (SA:PETR4) caía, se encaminhando para uma queda acumulada de 15% na semana. Localiza subia após balanço e anúncio de troca de comando.

Essas são as principais notícias corporativas do dia:

Minerva (SA:BEEF3) - A Minerva Foods, maior exportadora de carne bovina da América do Sul, registrou lucro líquido de R$ 697,1 milhões no acumulado de 2020, uma disparada ante os R$ 16,2 milhões registrados no ano anterior, o que permitiu propor a distribuição de dividendos adicionais em patamar recorde. A ação subia 3,09%, a R$ 9,68.

BRF - A BRF apresentou lucro líquido de R$ 902 milhões no quarto trimestre de 2020, alta de 32,6% na base anual. Os papéis subiam 0,39%, a R$ 23,40.

Vale (SA:VALE3) - A mineradora Vale teve lucro líquido de US$ 739 milhões no quarto trimestre, ante prejuízo líquido de US$ 1,56 bilhão um ano antes, refletindo um histórico desempenho da unidade de ferrosos guiado por preços mais altos que foi minimizado por despesas pelo desastre de Brumadinho, em Minas Gerais. A ação subia 0,41%, a R$ 96,10.

Petrobras - A produção de petróleo e gás da Petrobras em janeiro cresceu 5% ante a média do quarto trimestre, influenciada por uma redução no número de paradas programadas para manutenção, afirmou nesta quinta-feira o diretor de Exploração e Produção, Carlos Alberto Oliveira. Os papéis ordinários e preferenciais avançavam 1,14%, a R$ 22,60, e 1,42%, a R$ 22,86, respectivamente.

CCR (SA:CCRO3) - A CCR informou na quinta-feira que assinou com a Agência Nacional de Transportes Terrestres um aditivo ao contrato de concessão da Via Dutra, principal ligação rodoviária entre São Paulo e Rio de Janeiro, que estende por um ano a administração da rodovia pela empresa. A ação subia 0,79%, a R$ 11,53.

brasil/">AES Brasil - A elétrica AES Brasil firmou acordo com a Companhia de Ferro Ligas da Bahia, a Ferbasa (SA:FESA4), para o fornecimento de 80 megawatts médios pelo prazo de 20 anos, com entrega a partir de 2024, informou a companhia nesta quinta-feira. Os papéis da AES Brasil caíam 0,06%, a R$ 16,06.

Localiza (SA:RENT3) - A Localiza teve um salto de 75,9% no lucro líquido do quarto trimestre para R$ 401,8 milhões, uma vez que o aumento dos preços dos veículos permitiu margens maiores no negócio de seminovos, além de aceleração nos negócios de locação e de gestão de frotas. A companhia também anunciou a eleição de Bruno Lasansky, atual diretor de operações, como próximo presidente-executivo, a partir de 27 de abril. A ação descia 0,03%, a R$ 59,84.

EDP Brasil (SA:ENBR3) - A EDP Brasil informou que sua divisão EDP Smart fechou contrato para a aquisição de ativos de energia solar da unidade local da americana AES, em negócio que representará um investimento total de R$ 177 milhões. Os papéis subiam 0,16%, a R$ 18,31.

Eneva - A Eneva (SA:ENEV3) anunciou nesta sexta-feira que a apresentou à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) a declaração de comercialidade da acumulação Fortuna, descoberta no Bloco PN-T-102A, na Bacia do Parnaíba. A ação subia 1,44%, a R$ 67,45.

Fleury - O Fleury (SA:FLRY3) anunciou nesta quinta-feira que seu lucro líquido de outubro a dezembro somou R$ 139,5 milhões, um salto de 148,7% na comparação anual. Em bases recorrentes, o lucro saltou de R$ 56 milhões para R$ 155,5 milhões no período. Os papéis caíam 0,04%, a R$ 26,96.

Com informações da Reuters, Estadão Conteúdo e Agência Brasil

 

Veja como as ações operaram hoje no Ibovespa

Deixe seu Comentário

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Rev Content