Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Blue3 - Cotações
Blue3 - Cotações Mobile
Finanças comportamentaisCOLUNA

Finanças comportamentais

Rodrigo Wiethorn

Especialista em comportamento do consumidor e marketing digital.

Decisão de investimento: a maneira com que você escolhe interfere nos seus resultados

Entenda como esse processo vai te ajudar a fazer as melhores escolhas possíveis

13 outubro 2021 - 14h56
Decisão de investimento: a maneira com que você escolhe interfere nos seus resultados

Todos os dias fazemos milhares de escolhas, sejam elas grandes ou pequenas. Um ser humano adulto, calcula-se, toma por volta de 35 mil decisões diárias.

Quando se trata de escolher a roupa com que vai sair de casa, ou o restaurante em que vai almoçar, essas decisões não precisam ser tão bem planejadas. Mas quando se trata dos seus investimentos, é sempre bom ponderar um pouco mais.

Para te ajudar a entender esse processo de escolha e te ensinar a fazer as melhores possíveis, vamos conversar sobre a Decisão de Investimento!

Com ela você será capaz de conquistar e expandir suas fronteiras, tomando sempre as melhores alternativas.

O que é Decisão de Investimento?

Entendemos por Decisão de Investimento o processo de escolha feito por investidores, ou por uma alta administração, quanto ao total de recursos a serem aplicados em um investimento.

Dividido em 7 passos, que em breve detalharemos, esse processo contribui para esquematizar e racionalizar ainda mais a tomada de decisão tão comum em nosso dia a dia.

Entendida como a ponderação que leva a uma escolha, essa tomada de decisão é muito comum quando se trata do marketing digital, já que em sua maioria se apresenta durante as jornadas de compra.

Para os investimentos, sua aplicação é esquematicamente igual, mudando apenas o seu foco.

Assim, para entender a importância de conhecer a Decisão de Investimento, vamos a um exemplo cotidiano. Se você está em dúvida entre comprar um celular A ou B, é normal que busque por informações.

No nosso cenário de investidores, o caminho é o mesmo. Contudo, precisamos ainda de uma ponderação mais profunda, seja usando ferramentas como o Google Trends, seja a partir de conhecimentos adquiridos, como a percepção de risco.

As etapas da Decisão de Investimento

Uma vez que já reconhecemos sua importância, vamos agora entender como esse processo de Decisão de Investimento acontece para que você saiba como usá-lo a seu favor!

1) Identifique sua decisão

O primeiro passo para conseguir tomar uma Decisão de Investimento é ter em mente, com clareza, o que será escolhido. 

Tome essa etapa para definir a natureza da sua decisão. E, se ela for uma meta específica, torne-a mensurável para que tenha pontos de partida a seguir.

2) Reúna informações

Uma vez que a decisão é identificada, é hora de começar a reunir informações diversas sobre ela. Mas, antes de começar, tenha ciência de quais são as principais e mais confiáveis fontes de informação sobre a sua escolha.

Essa etapa envolve trabalho interno e externo, já que ela trará informações sobre os seus investimentos e possibilidades de aplicação e capital, bem como questões do seu mercado.

Mas cuidado para não se atolar em informações. Por mais atrativos que dados e estatísticas possam parecer, reúna apenas aqueles que efetivamente podem te ajudar para que não se confunda em sua análise.

https://lh3.googleusercontent.com/CYvg9XfxehO3IsoZ7X2FTsZ0uqeOkGS1NJWBJ0BDnbvsMoE4Amarehu5c8DdowGrnrS1inLrmihel4--sLe-6FtPiptVh6u8KxXhEPhzt7FzttUELPCiHq10-N6MWJXEG9sYcH2x=s0

3) Encontre alternativas

Seguindo as alternativas, agora que temos informações suficientes sobre a nossa decisão de investimento, precisamos identificar quais são nossas possíveis escolhas.

É bem provável que, em seus processos de pesquisa, tenha identificado diversos caminhos para seguir. Reúna todas elas, e também as que você mesmo pensar como possibilidades, para que possa compará-las.

4) Pondere as evidências

Com suas opções lado a lado, é hora de ver seus prós e contras. Para essa etapa, tenha em mente as informações que identificou no passo 1 e pondere quais de suas alternativas irão suprir suas necessidades.

Restringindo ainda mais, você pode avaliar quais de suas possibilidades são mais ou menos trabalhosas, e quais você terá a capacidade e os recursos necessários para realizar.

5) Faça sua escolha

Depois de pesar suas possibilidades, finalmente tome sua Decisão de Investimento — lembrando que, aqui, você pode escolher uma combinação de opções identificadas na etapa 3.

6) Realize sua decisão

Uma vez que sua decisão foi tomada e você a colocou em prática, guarde o maior número de informações e dados para o passo seguinte. Uma boa opção é desenvolver um plano de projeto para acompanhar sua escolha.

7) Analise suas consequências

O último passo da Decisão de Investimento é ponderar se ela foi ou não uma boa escolha.

Considere os resultados da sua decisão e os compare com suas necessidades estabelecidas na etapa 1. As perguntas cabíveis aqui são: você resolveu sua questão? Foi capaz de atingir seu objetivo? 

Seja seu resultado positivo ou negativo, é certo que essa esquematização da Decisão de Investimento te ajudará em futuras escolhas.

Conclusão

A Decisão de Investimento é um processo racional essencial para quem precisa tomar grandes decisões.

Ao aplicá-la no dia a dia de seus investimentos, verá que fazer boas escolhas se tornará tarefa fácil e garantida. 

Dicas valiosas sobre investimentos e notícias atualizadas,
cadastre-se em nossa NEWSLETTER!

ou fale com a SpaceMoney: 

Baixe nosso app: